Inflação

Páginas: 14 (3493 palavras) Publicado: 6 de abril de 2011
Em economia, inflação é a queda do valor de mercado ou poder de compra do dinheiro. Isso é equivalente ao aumento no nível geral de preços. Inflação é o oposto de deflação. Inflação zero, ou muito baixa, é uma situação chamada de estabilidade de preços.

Processos inflacionários

Os processos inflacionários podem ser classificados, segundo algumas características como:
Inflaçãoprematura - processo inflacionário gerado pelo aumento dos preços sem que o pleno emprego seja atendido.
Inflação reprimida - processo inflacionário gerado pelo congelamento dos preços por parte do governo.
Inflação de custo - processo inflacionário gerado pelo aumento dos custos de produção.
Inflação de demanda - processo inflacionário gerado pelo aumento do consumo com aeconomia em pleno emprego

Medição da inflação

A medição da inflação é feita através de uma grandeza denominada núcleo da inflação: mede o que os economistas chamam de "coração da inflação". O Banco Central do Brasil utiliza o modelo de médias aparadas: ou seja, excluem-se as altas e baixas mais expressivas.
Histórico do Quadro Inflacionário no Brasil:
Década de 1930 = média anual de6%;
Década de 1940 = média anual de 12%;
Década de 1950 = 19%
Décadas de 1960 e 1970 = 40%
Década de 1980 = 330%
Nota = Entre 1985 e 1994 as taxas da inflação no Brasil foram altas.
Entre 1990 a 1994 =média anual de 764%
Entre 1995 a 2000 = média anual de 8,6%
2000 = 5,97%
2001 = 7,67%
2002 = 12,53%
2003 = 9,3%
2004 = 7,6%
2005 = 5,69%
2006 = 3,14%
2007 = 4,46%
2008 = 5,90%2009 = 4,31%
A moeda nacional do Brasil mudou de nome várias vezes, principalmente nos períodos de altos índices de inflação. Na maioria das renomeações monetárias, foram cortados três dígitos de zero, estratégia esta que impediu que um quilo de carne custasse cerca de quatro milhões de unidades da moeda vigente, por exemplo.
• Até 1942: Real (Réis)
• De 1942 a 1967: cruzeiro• De 1967 a 1970: cruzeiro novo
• De 1970 a 1986: cruzeiro
• De 1986 a 1989: cruzado
• De 1989 a 1990: cruzado novo
• De 1990 a 1993: cruzeiro
• De 1993 a 1994: cruzeiro real e Unidade Real de Valor (URV)
• De 1994 até hoje: Real

A inflação é o aumento persistente e generalizado no valor dos preços onde esse aumento é contínuo. Quando a inflação chega azero dizemos que houve uma estabilidade nos preços.

A inflação pode ser dividida em:

Inflação de Demanda

É quando há excesso de demanda agregada em relação à produção disponível. As chances da inflação da demanda acontecer aumenta quando a economia produz próximo do emprego de recursos.
Para a inflação de demanda ser combatida, é necessário que a política econômica se baseie eminstrumentos que provoquem a redução da procura agregada.

Inflação de Custos

É associada à inflação de oferta. O nível da demanda permanece e os custos aumentam. Com o aumento dos custos ocorre uma retração da produção fazendo com que os preços de mercado também sofram aumento. As causas mais comuns da inflação de custos são: os aumentos salariais fazem com que o custo unitário de umbem ou serviço aumente, o aumento do custo de matéria-prima que provoca um super aumento nos custos da produção fazendo com que o custo final do bem ou serviço aumente e por fim, a estrutura de mercado que algumas empresas aumentam seus lucros acima da elevação dos custos de produção.

Índices de Inflação

A inflação possui vários índices entre eles o IGP (Índice Geral de Preços), IPA(Índice de Preços no Atacado), INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), INCC (Índice Nacional do Custo da Construção), CUB (Custo Unitário Básico).

|Inflação |
| ...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • inflacao
  • Inflação
  • Inflação
  • Inflação
  • Inflação
  • Inflação
  • INFLAÇÃO
  • Inflação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!