Infecções estreptocócicas

Páginas: 14 (3389 palavras) Publicado: 27 de setembro de 2011
Infecções estreptocócicas
As infecções estreptocócicas são causadas por bactérias gram-positivas chamadas estreptococos. As diversas variedades de estreptococos que provocam doenças agrupam-se de acordo com o seu comportamento, as suas características químicas e o seu aspecto. Cada grupo tende a produzir tipos específicos de infecções e sintomas. • Os estreptococos do grupo A constituem aespécie mais virulenta para os humanos, que são os seus hospedeiros naturais. Estes estreptococos podem causar faringites estreptocócicas (uma infecção estreptocócica da faringe), amigdalites, infecções das feridas e da pele, infecções do sangue (septicemia), escarlatina, pneumonia, febre reumática, coreia de Sydenham (doença de São Vito) (Ver secção 6, capítulo 67) e inflamação renal (glomerulonefrite).• Os estreptococos do grupo B causam, em geral, infecções perigosas nos recém-nascidos (septicemia neonatal) (Ver secção 23, capítulo 253) e infecções nas articulações (artrite séptica) e no coração (endocardite). • Os estreptococos do grupo C e G costumam viver normalmente nos animais mas também podem crescer na garganta humana, no intestino, na vagina e na pele. Estes estreptococos podem causarinfecções graves, como faringite estreptocócica, pneumonia, infecções cutâneas e de feridas, septicemia pós-parto e neonatal, endocardite e artrite séptica. Depois de uma infecção por uma destas bactérias pode ocorrer uma inflamação renal. • Os estreptococos do grupo D (enterococos) crescem normalmente no segmento inferior do tubo digestivo, na vagina e na pele circundante. Também podem causarinfecções nas feridas e nas válvulas do coração, na bexiga, no abdómen e no sangue. As infecções por certos tipos de estreptococos podem causar uma reacção auto-imune na qual o organismo ataca os seus próprios tecidos. (Ver secção 16, capítulo 167) Estas reacções podem ocorrer depois de uma infecção como a faringite estreptocócica e podem redundar em febre reumática, coreia e lesão renal(glomerulonefrite). Sintomas Os estreptococos podem viver nas vias respiratórias, no intestino, na vagina ou em qualquer outra parte do corpo sem causar problemas. Por vezes estas bactérias aparecem numa zona inflamada (como a garganta ou a vagina) de uma pessoa que é portadora e pode atribuir-se-lhes erradamente a responsabilidade da infecção. O tipo mais frequente de infecção estreptocócica é a infecção dagarganta (faringite estreptocócica). Em geral, os sintomas surgem repentinamente e incluem dor de garganta, uma sensação geral de mal-estar, arrepios, febre, dor de cabeça, náuseas, vómitos e um ritmo cardíaco acelerado (taquicardia). A garganta está avermelhada, as amígdalas inflamadas e os gânglios linfáticos do pescoço podem aumentar de volume e ser dolorosos ao tacto. As crianças podem sofrerde convulsões. Nas crianças com menos de 4 anos, o único sintoma pode ser o pingo nasal. A tosse, a inflamação da laringe (laringite) e a congestão nasal são pouco frequentes nas infecções estreptocócicas; esses sintomas sugerem outra causa, como uma constipação ou uma alergia. A escarlatina é causada por toxinas estreptocócicas que provocam uma erupção cutânea

generalizada de cor rosada ouavermelhada. Esta é mais visível no abdómen, nas paredes do tórax e nas dobras da pele. Outros sintomas são uma zona pálida à volta da boca, a face avermelhada, a língua rubra e inflamada e linhas de cor encarnado-escura nas pregas da pele. A camada externa da pele avermelhada habitualmente desprende-se quando a febre desaparece. Os estreptococos também causam vários tipos de infecções cutâneas masraramente produzem abcessos. Pelo contrário, as infecções tendem a propagar-se para as camadas profundas da pele, provocando celulite e por vezes erupções de cor vermelha e com aumento de temperatura, chamadas erisipela (fogo--de-santo-antão). Os estreptococos, sozinhos ou juntamente com os estafilococos, também podem espalhar-se para as camadas superiores da pele, formando erupções ulceradas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Leptospirose, Infecções Estreptocócicas e Toxoplasma
  • Infecções
  • infecções
  • Infecções
  • infecçoes
  • iNFECÇÕES
  • Infecçoes
  • Infecções

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!