Infecção Hospitalar

Páginas: 20 (4938 palavras) Publicado: 27 de fevereiro de 2015
TREINAMENTO SOBRE HIGIENIZAÇÃO DE MÃOS: O QUE
PENSAM OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE DAS ÁREAS CRÍTICAS
DE UM HOSPITAL GERAL PÚBLICO

Daniele Gonçalves Silveira Spilki

Orientadora: Ananyr Porto Fajardo

Porto Alegre
2010

Daniele Gonçalves Silveira Spilki

Treinamento sobre higienização de mãos: o que pensam os profissionais de saúde
das áreas críticas de um hospital geral públicoProjeto de pesquisa apresentado como pré-requisito de conclusão do Curso de
Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Parceria da
Fundação Oswaldo Cruz com o Grupo Hospitalar Conceição.

Orientadora: Ananyr Porto Fajardo

Porto Alegre
2010

RESUMO

A higienização das mãos é considerada uma medida básica para o cuidado ao
paciente por ser esta a principal via detransmissão de microorganismos no ambiente
hospitalar. Uma maior adesão dos profissionais de saúde a esta prática tem se
tornado um desafio para os Serviços de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) em
todos os hospitais. A educação permanente, que propõe treinamentos construídos
com as equipes multidisciplinares a partir da sua percepção do problema da baixa
adesão à higienização das mãos, poderesultar em um maior envolvimento e
comprometimento destes profissionais com a prevenção das infecções hospitalares. O
objetivo deste projeto de pesquisa é avaliar os treinamentos realizados pelo SCIH de
um hospital geral público de Porto Alegre, RS, a partir da opinião dos profissionais de
saúde das áreas críticas deste hospital, adequando a informação às necessidades
destes profissionais ecom isso, reduzir as taxas de não adesão à higienização de
mãos e as infecções hospitalares nestas áreas.
Palavras-chave: controle de infecções, lavagem de mãos, educação em saúde.

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO

5

2. OBJETIVOS

11

2.1 OBJETIVO GERAL

11

2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

11

3. JUSTIFICATIVA

12

4. METODOLOGIA

14

5. CONSIDERAÇÕES ÉTICAS

16

6.DIVULGAÇÃO

17

7. CRONOGRAMA

18

8. ORÇAMENTO

19

9. REFERÊNCIAS

20

10. APÊNDICES

23

10.1 APÊNDICE 1

23

10.2 APÊNDICE 2

24

11. ANEXOS

25

11.1 ANEXO 1

25

11.2 ANEXO 2

26

5

1 INTRODUÇÃO
As infecções hospitalares
A história das infecções hospitalares (IH) está intimamente ligada à história da
medicina e a relação entre os hospitais e as infecçõesacompanha a criação dos
primeiros nosocômios.
A importância das mãos na transmissão de doenças já era observada na Grécia
em 460 a.C. por Hipócrates com seus registros dos fenômenos biológicos. Ele
ressaltava a cura das feridas com a lavagem das mãos antes da cirurgia e o uso da
água fervida e vinho na limpeza dos ferimentos (OLIVEIRA; ARMOND; CLEMENTE,
2005).
No século XIX, quando amedicina ainda era baseada na Teoria da Geração
Espontânea, James Young Simpson percebeu que os procedimentos cirúrgicos, ao
serem realizados no domicílio, apresentavam uma taxa de infecção e mortalidade
menor do que os realizados nos hospitais (BRASIL, 2008).
Foi o médico húngaro Ignaz Philip Smmelweis, em 1846, o primeiro a
demonstrar claramente que a higienização das mãos podia prevenirinfecções,
relacionando a febre puerperal com os cuidados médicos. Ele observou que os
médicos que iam diretamente da sala de autópsia para a sala de obstetrícia tinham um
odor desagradável nas mãos. Smmelweis insistiu que os estudantes e médicos
lavassem as mãos com “água clorada” após as autópsias e antes de examinar as
pacientes da clínica e, com isso, a taxa de mortalidade caiu de 12,2 para 1,2%(BRASIL, 2009).
Na mesma época, o médico alemão Robert Koch contribuiu para uma maior
compreensão da importância dos microorganismos na transmissão de doenças. Ao
estudar o carbúnculo, provou que um tipo específico de microorganismo causava uma
determinada doença (BRASIL, 2008).
Desde então, a higienização das mãos vem sendo considerada uma medida
básica para o cuidado ao paciente por...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Infecção hospitalar
  • infecção hospitalar
  • INFECÇÃO HOSPITALAR
  • Infecção Hospitalar
  • Infecção Hospitalar
  • infecção hospitalar
  • Infecção Hospitalar
  • infecção hospitalar

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!