Infância na Idade Média

Páginas: 13 (3249 palavras) Publicado: 3 de novembro de 2014
Philippe Ariès e a história da infância

Trabalho apresentado na disciplina História da Educação I, ministrada pelo Prof. Dr. Carlos Monarcha.

Universidade Estadual Paulista
“Júlio de Mesquita Filho”
Faculdade de Ciências e Letras
Campus de Araraquara
Curso de Pedagogia
Agosto - 2014
Philippe Ariès e a história da infância

Neste trabalho de final de disciplinaapresentaremos algumas ideias de Philippe Ariès sobre a história da infância na Idade Média e no Antigo Regime e as possíveis relações entre o surgimento do sentimento de infância no interior da chamada família moderna. Abordaremos neste trabalho as características sociais da época, a evolução do sentimento se infância entre as famílias, a evolução da criança e do sistema de aprendizagem.

- A infânciana Idade Média
Até por volta do séc. XII, a arte medieval desconhecia a infância ou não tentava representa-la. É difícil crer que essa ausência se devesse à incompetência ou á falta de habilidade. É mais provável que não houvesse lugar para a infância nesse mundo. Uma miniatura otoniana do séc. XI nos da uma ideia impressionante de deformação que o artista impunha então aos corpos das crianças,num sentido que nos parece muito distante de nosso sentimento e de nossa visão. Tudo indica, de fato que a representação realista da criança, ou a idealização da infância, de sua graça, sua redondeza de formas tenha sido próprias da arte grega. A infância desapareceu da iconografia junto com os outros temas helenísticos, e o românico retomou essa recusa dos traços específicos da infância quecaracterizava as épocas arcaicas, anteriores ao helenismo. Isso significa sem duvidas que o homem do séc. X-XI não se detinha diante da imagem da infância, que esta não tinha para eles interesse, nem mesmo realidade. Isso faz pensar também que o domínio da vida real, e não mais apenas no de uma transposição estética, a infância era um período de transição, logo ultrapassado e cuja lembrança também eralogo perdida.
Por volta do séc. XIII surgiram alguns tipos de criança um pouco mais próximo do sentimento. Surgiu o anjo, representado sob a aparência de um rapaz muito jovem adolescente. O segundo tipo de criança seria o modelo e o ancestral de todas as crianças pequenas da historia da arte: o Menino Jesus, ou Nossa Senhora menina, pois a infância aqui se ligava ao mistério da maternidade daVirgem e ao culto de Maria. Um terceiro tipo de criança apareceu na fase gótica: uma criança nua. Timidamente no inicio, e a seguir com maior frequência, a infância religiosa deixou de se limitar à infância de Jesus. Depois surgiram as outras infâncias santas, uma iconografia inteiramente nova se formou assim, multiplicando cenas de crianças e procurando reunir nos mesmos conjuntos o grupo dessascrianças santas, com ou sem suas mães. Essa iconografia, que de modo geral remontava no séc. XIV, coincidiu com um florescimento de historias de crianças nas lendas e contos pios.
No primeiro caso, a infância era apenas uma fase sem importância, que não fazia sentido fixar na lembrança; no segundo o da criança morta, não se considerava que essa coisinha desaparecida tão cedo fosse digna delembranças; havia tantas crianças, cuja sobrevivência era tão problemática. O sentimento de que se faziam varias crianças para conservar apenas algumas era e durante muito tempo permaneceu muito forte.
A descoberta da Infância começou sem duvida no séc. XIII, e sua evolução pode ser acompanhada na historia da arte e na iconografia dos séc. XV e XVI. Mas os sinais de seu desenvolvimento tornaram-separticularmente numerosos e significativos a partir do fim do séc. XVI e durante o séc. XVII.
A indiferença marcada que existiu até o séc. XIII pelas características próprias da infância não aparece apenas no mundo das imagens: o traje da época comprova o quanto a infância era tão pouco particularizada na vida real. Em todo caso, se o período 1900-1920 prolongava ainda até muito tarde no jovem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • TRABALHO CONCEITO DE INFANCIA NA IDADE MEDIA
  • Idade média
  • Idade Média
  • A idade média
  • Idade Media
  • a idade media
  • Idade Média
  • A idade média

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!