industria criativa

Páginas: 6 (1283 palavras) Publicado: 28 de dezembro de 2014
Introdução
O presente artigo visa traçar um apanhado geral do estado
da arte das indústrias criativas no Brasil e no mundo, dado
que estas são entendidas como a indústria do século XXI por
excelência. O desenvolvimento da chamada revolução do
conhecimento, resultante do maior acesso à educação em
praticamente todas as regiões do globo, possibilitou uma
explosão criativa sem precedentes,com desenvolvimentos
nas cadeias produtivas associadas ao que passou a ser
chamado de indústrias criativas ou economia criativa.
O trabalho ora apresentado parte de um anterior,
publicado no 5º Congresso De Engenharia Do Entretenimento,
em 2009, no Rio de Janeiro, atualizando conceitos e dados
pertinentes (HANSON, 2009).
O objetivo permanece inalterado, na medida em que
se propõe acontribuir para o entendimento das indústrias
criativas, seu papel na economia contemporânea e oferecer
subsídios para o desenvolvimento de políticas públicas para
o setor.
Outros trabalhos do autor na mesma linha de pesquisa
também subsidiaram a criação deste texto.
No tocante a políticas públicas no Brasil, cabe destacar
a recusa de certos segmentos da indústria criativa e de
governos a aceitar ofato econômico que indústrias e
economia pressupõem a existência e o desenvolvimento
de um mercado. Cumpre registrar também que o conceito
de mercado antecede em alguns milênios o que hoje
se entende por capitalismo. Lembrando as palavras de
Gorbachov, proferidas em 1990, sete meses após a queda
do comunismo: capitalismo. Ele sempre existiu ao longo dos séculos. É uma
invenção dacivilização.” (SZAJMAN – O Globo, 12/05/2009).
Com isso em mente, negligenciar o mercado é estimular a
criatividade sem dela extrair os benefícios sociais.
Metodologicamente falando, o trabalho em tela apresenta
uma revisão atualizada da bibliografia disponível, seguida de
uma apreciação crítica de políticas públicas adotadas ou em
estudo em diversos países no mundo.
Acredita-se que o trabalhojustifique-se como uma
tentativa de trazer subsídios para o entendimento do que seja
a Economia Criativa, explicitar seus diversos componentes,
definir o papel da Economia Criativa, da Cultura e do
Entretenimento em seu contexto, dimensionar, com o auxílio
dos dados existentes, o tamanho dessa Economia de modo
a dirimir entendimentos parciais, conceitos mal explicados e
generalizações rasas quedificultam mais do que auxiliam o
entendimento do assunto.
O primeiro passo nessa direção seria o de definir o
que seja a Economia Criativa, oferecendo ao leitor visões
diversas, de modo que lhe possibilite uma síntese.
2. O CONCEITO DE INDÚSTRIA CRIATIVA
A criatividade perpassa toda a trajetória da humanidade
na Terra. Cada lampejo criativo agrega-se ao conhecimento
existente,potencializando-o e permitindo que cresça em
novas direções, trazendo benefícios para todos (HANSON,
2009). Do uso do fogo no neolítico ao advento da internet, a
criatividade humana esteve sempre presente.
Recentemente, entendeu-se que a criaApropriando a visão poética de um artista, podese
observar abaixo uma pequena síntese do papel da
criatividade:
Quem foi o primeiro homem, um caçador,
umferramenteiro, um fazendeiro, um
trabalhador, um sacerdote, um político? Sem
dúvida, o primeiro homem foi um artista.
A primeira expressão do homem, como
seu primeiro sonho, foi de ordem estética.
A fala foi um brado poético ao invés de uma
exigência de comunicação. O homem original,
gritando suas consoantes, o fez aos berros de
pasmo e ira diante de seu estado trágico, de
sua própriaauto-percepção e de sua própria
impotência diante do vácuo.
(BARNETT NEWMAN, 1990)1
Estabelecida a base na criatividade humana, cabe trazer
definições para a indústria criativa propriamente.
Tendo por base o artigo já citado (Hanson, 2009), a
primeira discussão perpassa as relações entre artes e
cultura, indústria cultural (no sentido econômico e não
Adorniano). Nessa perspectiva, a arte e a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Indústrias criativas
  • Indústria Criativa
  • Industrias criativas
  • Industria Criativa
  • Industrias Criativas
  • Indústrias Criativas: Cultura e Negócios.
  • Cadeia da Indústria Criativa no Brasil
  • INDÚSTRIAS CRIATIVAS: DEFINIÇÃO, LIMITES E POSSIBILIDADES

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!