inclusão social

Páginas: 7 (1715 palavras) Publicado: 30 de novembro de 2013
RAIZ CONTEPORÂNEA

O antropólogo estudara para um dia roteirizar um filme, que analisasse o desenvolvimento natural do homem. Pois tudo que colhia dos seus antigos manuscritos de quando era aluno lhe servia, posto que precisasse de tudo àquele respeito. Fazia cópias de suas ideias, e as enviavas a outros críticos para que pudessem ainda mais acrescentá-las. Não precisa imaginar que pra ter umresultado histórico teria que viajar. Pois conheceu todos os continentes e vários povos, e foi guiado pelo espirito cordial. Para ele aquilo era como se uma chama lhe percorresse e lhe trouxesse à imaginação: raças, culturas, linguagens, costumes, tradições e as comparou daquilo que reconhecia pródigas e antigas civilizações. Reparou que o mundo se moldou. Aos poucos viu alguns Adãos, aqueles queviviam num paraíso, Abel, Caim, tribos dizimadas, povos escravizados; população plantando, erguendo pedras para os palácios e monumentos. Viu alguns Moisés, liderando tribos e como se recebendo ordens divinas. Ali bem ali numa pedra o antropólogo parou descansou, não como um criador que depois da realização para. Não. Ele meramente reconheceu que a história ela realmente se repete. Pensou..., nãosoube realmente que moral que o encorajaria em sua jornada. No seu intimo seguiram-se as palavras e ações daqueles novos homens e velhos fazedores de ideal, de sobrevivência. Pobres, agraciado apenas pela força espada. “Espada da justiça”. A corrupção não foi origem inseparável, com ela tiveram vários outros motivos: como exemplo da exploração dos mais fortes pelos mais fracos e até mesmo não seio que eles dizem de evolução. ¬–Na idade média a Igreja desprezava o lucro enquanto seus cofres, terras e riquezas multiplicavam exponencialmente. Com a revolução burguesa na Inglaterra “A Revolução gloriosa” pois não foi preciso o uso das armas. Pois criava-se uma outra classe e favoreceu conquistas desenvolvimentistas. O Rei tinha agora que dividir o poder não mas por necessidade, mas porobrigação. Outras revoluções se sucederam: literárias, artísticas e cultural. A revolução industrial, por exemplo, não foi só um alavanco na forma de perceber a economia, como forma mercado; a produção em escala, linhas inteiras de máquinas nascendo das mentes iluministas daqueles empreendedores, longas jornadas de trabalhos, as ferramentas de uma nova exploração. A matéria prima do mundocontemporâneo.
O avanço retrospectivo de nossos desejos recalcado; ensejos de noites claras e luminosa que nos dá um aspecto poético. Nas jaulas da aflição nos braços da solidão tão claro como o carvão, polido a fogo e ferro nossos instintos corrigidos e exigidos, conclusão: os sentidos do homem estão tão presos como as correntes que carregam em seus pescoços, se são bons esses frutos amanhã terá um novohoje. E verão a teoria do otimismo de papel como diz um ditado antigo o universo numa casca noz.
Como a antropologia demostrou um aprofundamento perante sua própria raça, uma escravidão alimentada antes pela necessidade depois pelos conflitos enxergavam a bruta o predomínio da servidão em que o estado mantiam os trabalhos forçados aos povos antigos, as colônias que se estendia além doscontinentes, a expansão dos impérios, as guerras de dominação onde cresciam os espólios de guerra, os impostos, uma tradição unilateral reunida para o crescimento e o luxo. Isto então se reconstitui mais uma chave pra entender porque ou povos do oriente esperava uma terra prometida. Escravizados pelo homem suplicava aos ventos. Então se deu início as alianças entre Deus e o homem. Seus mandamentos viraramleis de estado. Com duras repressões para quem dele fugisse. As leis dos livros antigos as lei Hamurabi, depois de três séculos de escravidão no Egito liderado por Moisés fugiram e receberam sua herança. Construíram cidades rebatizaram seus filhos faziam oblações e sacrifícios a seu Deus as castas de lideres e sacerdotes o alicerce de sua fé, provada e testada por Deus. O nascimento das tribos,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Inclusao social
  • Inclusão social
  • Inclusão social
  • Inclusao social
  • Inclusao social
  • Inclusao Social
  • Inclusão social
  • Inclusão Social

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!