Impacto da biota no estuário santista

Páginas: 9 (2048 palavras) Publicado: 11 de novembro de 2012
Centro Universitário Monte Serrat






O Impacto da Biota no Estuário Santista
Referente a metais pesados na dragagem do porto


















Santos
2009

Lista de Figuras

|Figura 1 – Biacumulação na cadeia alimentar ...................................... |3 |
| Figura 2 - Detalhe dos canais dragados de Santos................................ |5 |

































Índice


|1. Introdução ........................................................................................... |1 |
|2. Dragagem e o Impacto na Biota ..........................................................|2 |
| 2.1. Bioacumulaçaõ ............................................................................. |3 |
| 2.2. Características e Efeitos Tóxicos dos Poluentes .......................... |3 |
|3. Impacto da Biota no Estuário Santista ................................................|5 |
| 3.1. Exposição aos metais pesados ...................................................... |5 |
|4. Conclusão ............................................................................................. |6 |
|5. Referencias Bibliográficas ...................................................................|7 |























1 .Introdução

Por ser uma região populosa que apresenta grande atividade industrial e portuária, o Estuário de Santos tornou-se um grande receptor de diferentes tipos de efluentes.
O processo de assoreamento deste local ocorre pela deposição de sedimentos provenientes da Serra do Mar, o que juntamente com a grande quantidade depoluentes de origem industrial, domestica e da atividade portuária que recebe, torna esses sedimentos extremamente contaminados.
Um estudo feito pela CETESB em 1999, referente à contaminação ambiental do estuário de Santos, mostra que os sedimentos apresentam uma grande variedade de metais pesados como cádmio, chumbo, cobre, mercúrio, níquel e zinco, além de compostos fenólicos, BifenilasPolicloradas (PCBs), e Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (PAHs). Em concentrações elevadas, com o potencial de causar danos aos organismos aquáticos. (Costa, 2005)
Para a constante operação do Porto de Santos, é necessária uma vez por ano a dragagem de seu canal e da bacia de evolução, de forma a garantir a profundidade adequada para a movimentação dos navios (Hortellani, 2008). No entanto, oprocesso de desassoreamento deste local implica diretamente na suspensão de materiais contaminados depositados no fundo do estuário, provocando perturbações ao ecossistema ali presente.
A dragagem, além de interferir na qualidade da água, afeta a fauna aquática através da exposição aos metais pesados, provocando efeitos tóxicos ou causando a bioacumulação. Essas conseqüências recaem diretamentesobre o homem, prejudicando o comércio e a saúde de populações ribeirinhas que dependem da pesca destes animais para sobreviver.
São muitos os danos que a atividade de dragagem trás para o meio aquático, principalmente na presença de sedimentos contaminados, o que piora ainda mais este quadro. Sendo assim, esta a presente situação em que se encontra o estuário santista.





2. Dragagem e oImpacto na Biota

A dragagem consiste na remoção do solo com o objetivo de aumentar a capacidade de escoamento do meio aquático (Costa & Teuber, 2001). No entanto, esse processo causa impactos significativos no ambiente, principalmente com a presença de metais pesados.
Os sedimentos constituem reservatório para diversas substâncias químicas oriundas de várias fontes poluidoras, como...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • biota
  • Estuários
  • ARTIGO CIENTÍFICO DE REVISÃO: IMPACTOS AMBIENTAIS E BIORREMEDIAÇÃO DE ESTUÁRIOS, MANGUEZAIS E SOLOS
  • Estuarios
  • Estuários
  • Estuários
  • biota marinha
  • Avaliação dos impactos causados por tensores de origem antrópica na matriz água do estuário do rio grande no...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!