Imaginário e mentalidades

Páginas: 42 (10315 palavras) Publicado: 2 de agosto de 2012
Este artigo busca desenvolver um paralelo comparativo entre a  História das Mentalidades, a História do Imaginário e a Psico-História, esclarecendo aspectos relacionados a estas modalidades da História e discutindo a historiografia pertinente a cada um destes campos. O artigo remete a obra recentemente publicada pelo autor deste texto, cujo principal objetivo é o de elaborar uma visão panorâmicadas diversas modalidades da História nos dias de hoje.
Palavras-chave:  História do Imaginário, História das Mentalidades; Imaginário Político.
ABSTRACT
Imaginário e Mentalidades – uma discussão historiográfica
Dentro de uma fascinante profusão de campos intradisciplinares que tem revelado um sensível enriquecimento dos estudos históricos no que se refere ao interesse por novos objetos e pornovas abordagens, a historiografia da segunda metade do século XX assistiu à significativa emergência de campos do saber historiográfico que passaram a valorizar o universo mental dos seres humanos em sociedade, os seus modos de sentir, o Imaginário por eles elaborados coletivamente. A modalidades já tradicionais na historiografia como a História Política, a História Econômica ou a História Social,os novos historiadores propuseram acrescentar a História das Mentalidades, a Psico-História, a História do Imaginário. Teremos aqui campos que com alguma freqüência se interpenetram no que concerne aos seus objetos, às suas fontes privilegiadas, às suas abordagens e aportes teóricos, às suas conexões com outros saberes e aos seus padrões de interdisciplinaridade. Contudo, cada um destes camposconserva singularidades e aspectos que nos permitem separá-los entre si como espaços intradisciplinares bem diferenciados.
O objetivo deste artigo será o de clarificar as diferenças e similitudes entre aqueles campos historiográficos que têm atentado mais enfaticamente para o estudo dos padrões mentais, dos modos de sentir e dos imaginários coletivos nos vários períodos históricos, ou, maisparticularmente, a História das Mentalidades, a Psico-História e a História do Imaginário.
História das Mentalidades
Será bastante oportuno iniciar esta discussão crítica com um exame dos aspectos que têm permitido identificar esta modalidade historiográfica que se mostrou polêmica deste os seus primórdios: a História das Mentalidades. Esta nova modalidade da História, que tem precursores já naprimeira metade do século XX mas que rigorosamente começa a se delinear como um novo espaço de ação para os historiadores na segunda metade do século, propunha-se enfocar a dimensão da sociedade relacionada ao mundo mental e aos modos de sentir, ficando a partir daí sob a rubrica de uma designação que tem dado margem a grandes debates que não poderão ser todos pormenorizados aqui[3].
Terá certamentecontribuído para esta polêmica o fato de que os historiadores das mentalidades foram os primeiros a se interessarem por determinados temas não convencionais, desbravando certos domínios da História que os historiadores ainda não haviam pensado em investigar. Assim, Robert Mandrou propôs-se a estudar a longa persistência  de certos modos de sentir que motivaram a prática da feitiçaria e sua repressãono livro Magistrados e feiticeiros na França do século XVII (1979); Jean Delumeau impôs a si a tarefa de examinar um complexo de medos de longa duração que haviam estruturado o modo de sentir do homem europeu durante muito tempo, e cuja lenta superação permitiu precisamente a passagem para o mundo moderno (1989), Philippe Ariès (1981) e Michel Vovelle (1982) empenharam-se dedicadamente em analisarhistoricamente os sentimentos do homem diante da Morte.
De certo modo, por força dos novos e imprevisíveis objetos que traziam à tona com bastante audácia – e em virtude de sua tendência a dedicarem anos de um exaustivo trabalho intelectual a temas que deles fizeram verdadeiros especialistas em objetos historiográficos até então considerados insólitos – os historiadores das mentalidades vieram...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Mentalidade enxuta
  • A mentalidade medieval
  • A História das Mentalidades
  • mentalidade infantil
  • HISTORIA DAS MENTALIDADES
  • Mentalidade de inovação
  • Mentalidade Científica
  • A Mentalidade da Renascença

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!