iiht

Páginas: 15 (3726 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
História de Angola
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Este artigo ou secção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde agosto de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Google —notícias, livros, acadêmico — Scirus — Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Parte de uma série sobre a

História de Angola


História pré-colonial
(Pré história-1575)
História Pré-colonial‎

Reino do Kongo (1395–1914)

Colonização (1575-1648)

Inicio da colonização (1575-1641)

Rainha N'Zinga (1621-63)

Ocupação holandesa (1641-48)

Reconquista (1644-48)

Períodocolonial (1648-1974)

Angola‎ colonial (1648-1951)

Província ultramarina (1951-74)

Guerra de Independência (1961-74)

Independência

Acordo do Alvor (1975)

Guerra Civil (1975-2002)

Intervenção cubana (1975-91)

Fraccionismo (1977)

Batalha de Cuito Cuanavale (1987-88)

Acordos de Bicesse (1990)

Guerra dos 55 Dias (1992-93)

Angolagate (1994)

Protocolo de Lusaka(1994)

Primeira Guerra do Congo (1996-97)

Segunda Guerra do Congo (1998-2003)

Angola do pós-guerra
(2003-actualidade)
Ver também
Império Português

Guerra Colonial

________________________________________
Portal Angola

v • e

A história de Angola encontra-se documentada do ponto de vista arqueológico desde o Paleolítico. Este país daÁfrica Austral foi uma colónia portuguesaaté 11 de Novembro de 1975, quando acedeu à independência na sequência duma guerra de libertação.
Índice
[esconder]
• 1 História pré-colonial
• 2 A chegada dos portugueses
• 3 1900-1960
• 4 1961-1974
• 5 Independência e guerra civil
• 6 Referências
• 7 Bibliografia
• 8 Ver também
História pré-colonial[editar | editar código-fonte]


Expansão bantu.
Na Lunda, no Zaire e noCuangar foram encontrados instrumentos de pedra e outros, dos homens do Paleolítico. No Deserto do Namibe foram encontradasgravuras rupestres nas rochas. Trata-se das gravuras do Tchitundo-Hulo, atribuídas aos antepassados dos san.
Nos primeiros quinhentos anos da era actual, as populações bantu da África Central, que já dominavam a siderurgia do ferro, iniciaram uma série de migrações para leste epara sul, a que se chamou a expansão bantu. 1 2 3 4 5 6 7 . Parte destas populações fixaram-se a Norte e ao Sul da parte inferior do Rio Congo (ou Zaire), portanto também no Noroeste do território da actual Angola. Com o tempo, estas populações constituíram o povo Bakongo, de língua Kikongo. Outras populações fixaram-se inicialmente na região dos Grandes Lagos Africanos e, noséculo XVII,deslocaram-se para oeste, atravessando o Alto Zambeze até aoCunene: eram os grupos hoje designados como ngangela, mas também osOvambo e os Xindonga.
No ano de 1568, entrava um novo grupo pelo norte, os jagas, que combateram os Bakongo que os empurraram para sul, para a região de Kassanje. No século XVI ou mesmo antes, os nhanecas (vanyaneka) entraram pelo sul de Angola, atravessaram o Cunene e instalaram-seno planalto da Huíla.
No mesmo século XVI, um outro povo abandonava a sua terra na região dos Grandes Lagos, no centro de África, e veio também para as terras angolanas. Eram os hereros (ou ovahelelos), um povo de pastores. Os hereros entraram pelo extremo leste de Angola, atravessaram o planalto do Bié e depois foram-se instalar entre o Deserto do Namibe e aSerra da Chela, no sudoeste angolano.Também no século XVI os portugueses instalam-se na região e fundam São Paulo da Assunção de Luanda, a actual cidade de Luanda.
Já no século XVIII, entraram os ovambos (ou ambós), grandes técnicos na arte de trabalhar o ferro, deixaram a sua região de origem no baixo Cubango e vieram estabelecer-se entre o alto Cubango e o Cunene. No mesmo século, os quiocos (ou kyokos) abandonaram o Catanga...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!