igreja catolica

Páginas: 14 (3482 palavras) Publicado: 10 de novembro de 2013
INTRODUÇÃO


A visão científica positivista dos fatos, não permite o uso de entidades não observáveis nas deduções científicas. Essa visão de mundo refletiu no plano filosófico e, embora criticada no plano teórico, teve muita influência no plano prático. O positivismo Comtiano não pretende ser somente uma filosofia, mas mostrar a necessidade de uma reforma social fundamentando-se na descriçãoe análise objetiva dos fatos ou fenômenos.


























1. Definição do Positivismo

O positivismo é uma corrente filosófica, sociológica e política que surgiu na França no começo do século XIX.  O principal  pensador e criador  foi Augusto Comte.
O positivismo é visto como uma corrente conservadora, pois procura justificar a nova sociedade que estavasurgindo tendo como inspiração a sociedade feudal, com sua estabilidade social. Os positivistas não viam nenhum progresso em uma sociedade urbanizada e industrializada. Lastimavam o enfraquecimento da religião e da família. Consideravam a sociedade moderna dominada pelo caos social, pela anarquia e pela desorganização social. Por isso, eram preocupados com a ordem, além de enfatizarem a importânciada hierarquia, da autoridade, da tradição e dos valores morais para a conservação da vida social.
O Positivismo defende a ideia de que o conhecimento científico é a única forma de conhecimento verdadeiro. Assim sendo, desconsideram-se todas as outras formas do conhecimento humano que não possam ser comprovadas cientificamente.
No Brasil é possível notar diversas influências do positivismo, comopor exemplo, a frase que está impressa na bandeira brasileira: “Ordem e Progresso”. Essa frase era uma alusão, que sem ordem no país não se desenvolveria.

2. Vida e Obra de Augusto Comte

Estudante da Politécnica aos 16 anos, Comte é nomeado em 1832 explicador de análise e de mecânica nessa mesma escola e, depois, em 1837, examinador de vestibular. Ver-se-á retirado desta última função em1844 e de seu posto de explicador em 1851. Apesar de seus reiterados pedidos, não obterá o desejado cargo de professor da Politécnica, nem mesmo a cátedra de história geral das ciências positivas no Collège de France, que quisera criar em benefício próprio. A obra de Comte guarda estreita relações com os acontecimentos de sua vida. Dois encontros capitais presidem as duas grandes etapas desta obra.Em 1817, ele conhece H. de Saint-Simon: O Organizador, o Sistema Industrial, e concebe, a partir daí, a criação de uma ciência social e de uma política científica. Já de posse, desde 1826, das grandes linhas de seu sistema, Comte abre em sua casa, um Curso de filosofia positiva - rapidamente interrompido por uma depressão nervosa - (que lhe vale ser internado durante algum tempo no serviço deEsquirol). Retoma o ensino em 1829. A publicação do Curso inicia-se em 1830 e se distribui em seis volumes até 1842. Desde 1831 Comte abrirá, numa sala da prefeitura do3.° distrito, um curso público e gratuito de astronomia elementar destinado aos "operários de Paris", curso este que ele levaria avante por sete anos consecutivos. Em 1844 publica o prefácio do curso sob o título: Discurso dobre oespírito positivo.
É em outubro de 1844 que se situa o segundo encontro capital que vai marcar uma reviravolta na filosofia de Augusto Comte. Trata-se da irmã de um de seus alunos, Clotilde de Vaux, esposa abandonada de um cobrador de impostos. Na primavera de 1845, nosso filósofo de 47 anos declara a esta mulher de 30 seu amor fervoroso. Clotilde oferece-lhe sua amizade. É o "ano sem par" que terminacom a morte de Clotilde. Comte sente então sua razão vacilar, mas entrega-se corajosamente ao trabalho. Entre 1851 e 1854 aparecem os enormes volumes do Sistema de política positiva ou Tratado de sociologia que institui a religião da humanidade. O último volume sobre o Futuro humano prevê uma reformulação total da obra sob o título de Síntese Subjetiva. Desde 1847 Comte proclamou-se grande...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • igreja catolica
  • Igreja catolica
  • A igreja católica
  • igreja católica
  • Igreja Católica
  • a igreja catolica
  • Igreja Católica
  • igreja católica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!