Identificação de gram positivo e antibiograma

Páginas: 15 (3696 palavras) Publicado: 9 de abril de 2011
IDENTIFICAÇÃO DE COCOS GRAM POSITIVO

ANTIBIOGRAMA PASSO A PASSO

MICROBIOLOGIA CLÍNICA

PROFª
ALUNAS:

IDENTIFICAÇÃO DE COCOS GRAM POSITIVOS

SUMÁRIO

1. Sinônimo
2. Objetivo
3. Campo de aplicação
4. Coleta
5. Definições
6. Siglas
7. Procedimentos
8. Biossegurança
9. Fuxograma do procedimento

1 – SINÔNIMO

Identificação manual dos CGP

2 – OBJETIVO

Este POPestabelece critérios e procedimentos cujo objetivo seja aplicar as técnicas de identificação de Cocos Gram Positivo das amostras clínicas.

3 – CAMPO DE APLICAÇÃO

Este POP se aplica à identificação do patógeno isolado das amostras clínicas.

4 – COLETA

NA

5 – DEFINIÇÕES

Para efeito deste POP, aplicam-se as seguintes definições:

5.1 – DA AMOSTRA

Colônias com crescimento de 24horas, isoladas de meios próprios e cujo resultado da coloração de Gram foi Coco Gram Positivo;

5.2 – DAS AMOSTRAS INADEQUADAS

– Colônias aglomeradas, ou seja, sem isolamento adequado;
– Colônias “velhas”, ou seja, com crescimento superior a 24 horas.

5.3 – DOS LIMITES DE DETECÇÃO

– A semeadura de grandes quantidades de amostra, nos meios de identificação, pode causar a identificaçãoincorreta;
– Meios de cultura e reativos sem controle interno de qualidade poderão apresentar resultados incompatíveis

6 – SIGLAS

BACTE – Bacteriologia Geral
POP – Procedimento Operacional Padrão
CGP – Cocos Gram Positivos
NA – Não Aplicável
AS – Ágar Sangue
BHI – Brain Heart Infusion Broth
CLED – Cistina-Lactose-Eletrólitos-Deficiente
TSA – Teste de Sensibilidade aos Antimicrobianos(Antibiograma)
DNASE – Desoxirribonuclease
NaCl – Cloreto de sódio
HCl – Ácido clorídrico
H2O2 – Peróxido de Hidrogênio (Água oxigenada)
1N – Uma normalidade ( 1 Normal)
UFC – Unidade Formadora de Colônia
UFC/ml – Unidade Formadora de Colônia por mililitro
mm – milímetro
ml - mililitro
α – alfa
β – beta
( – gama
μg / mcg – micrograma
UI – Unidades Internacionais
OP –Optoquina
PB –Polimixina B
SXt /SUT – Sulfametoxazol-Trimetoprim
B – Bacitracina
NV – Novobiocina

7 – PROCEDIMENTOS

7.1 – PRINCÍPIO DO MÉTODO

A identificação das amostras identificadas pela coloração de GRAM como CGP é baseada, principalmente, na determinação da presença ou não das diferentes enzimas do material genético bacteriano. Estas enzimas regulam o metabolismo das bactérias ao longo dasdiversas vias metabólicas.
Através dos meios de triagem e bioquímicos, juntamente com um sistema indicador, identificar as amostras isoladas a nível de gênero e, se possível, espécie.

7.2 – REAGENTES E MATERIAL

- Alça e Agulha de níquel-cromo;
- Alça ou agulha de platina;
- Pilot para Retroprojetor;
- Bico de Bunsen;
- Reativos: Ácido Clorídrico a 1N (para DNAse), H2O2 a 3% (paracatalase)
- Coagulo-plasma
- Látex para Identificação de estreptococos dos grupos A,B,C,D,F e G de Lancefield
- Meios de triagem e bioquímico: Uréia de Christensen, Manita, Bile Esculina, BHI com NaCl a 6,5%, DNAse
- Discos antimocrobianos de Polimixina B de 300 UI, Novobiocina de 05 μg, Bacitracina de 0,04 UI, Sulfametoxazol-Trimetoprim de 25 μg, Optoquina de 05 μg
- Salina
- MuellerHinton com e sem 5% de sangue de carneiro
- Jarra de CO2 (microaerofilia)
- Tubos de vidro
- Placa de vidro
- Palito de plástico
- Hipoclorito de sódio à 2%;
- Álcool à 70%;
- Gaze em compressa;
- Papel toalha.

7.3 – EQUIPAMENTOS

- Câmara de segurança biológica;
- Estufa bacteriológica aferida com a temperatura 35-37ºC;
- Refrigerador.

7.4 – PREPARAÇÃO DOS REAGENTES EINSUMOS

As placas e os demais meios devem estar com o meio (ágar) em temperatura ambiente antes da semeadura. Se necessário, fazer um pré-aquecimento colocando as placas e os tubos na estufa bacteriológica por aproximadamente cinco minutos. No caso das placas, a parte inferior da placa (parte contendo o meio) deve ficar em contato com a placa de aquecimento da estufa e a tampa um pouco aberta....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Identificação de cocos em gram positivos
  • identificação de cocos gram positivos
  • Identificação de cocos gram positivos
  • identificação de cocos gram positivos
  • gram-negativo e gram-positivo
  • GRAM POSITIVO E GRAM NEGATIVO
  • Grans positivos e grans negativos
  • GRAM POSITIVO GRAM NEGATIVO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!