Hotel pilão, ouro preto – entre o falso histórico e a contemporaneidade

Páginas: 27 (6521 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2011
HOTEL PILÃO, OURO PRETO – ENTRE O FALSO HISTÓRICO E A CONTEMPORANEIDADE”. Marcela Menezes Silva Martin
Graduando em Arquitetura e Urbanismo, Universidade de Brasília Endereço: QD 12 , Conjunto C, Casa 61 Sobradinho 70010-120 Brasília DF BRASIL CELULAR: (0xx61) 8167 0102 FONE: (0xx61) 348705271 e-mail: martin_unb@yahoo.com.br

Orientador Andrey Rosenthal Schlee
Arquiteto, Dr., Universidade deBrasília Endereço: SQN 205, Bloco H, apto. 206 Asa Norte 70843-080 Brasília DF BRASIL FONE: (0xx61) 30335438 e-mail: andreysc@terra.com.br

HOTEL PILÃO, OURO PRETO – ENTRE O FALSO HISTÓRICO E A CONTEMPORANEIDADE
Resumo Ouro Preto, um testemunho “vivo” da arquitetura produzida no Brasil entre os séculos XVIII e XIX, pode ser considerada um campo em excelência para a prática de intervenção empatrimônio cultural. Variadas, e por vezes contraditórias, são as teorias que oferecem respaldo às decisões de projeto neste campo de atuação do arquiteto. Em 2003, lamentavelmente, um dos casarões - antigo Hotel Pilão - que compunha o conjunto arquitetônico da Praça Tiradentes, em Ouro Preto/MG, foi alvo de um incêndio que o reduziu a condição de ruína. Em 2005, após a compra das ruínas pela FIEMG(Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais), o arquiteto Fernando de Oliveira Graça definiu a sua proposta de intervenção para criação do Centro Cultural e Turístico do Sistema FIEMG de Ouro Preto como “(...) o ontem e o hoje. O passado e o contemporâneo.” A nova edificação, inaugurada em 21 de abril de 2006, em seu tratamento externo deixa dúvidas quanto à clareza da contemporaneidade daintervenção, ponto de suma importância na teoria moderna do restauro, que preza pela não criação do falso histórico Diante de tal, questão a pergunta seria: É possível propor uma nova edificação com linguagem contemporânea sem agredir o equilíbrio harmônico do conjunto arquitetônico que constitui a Praça Tiradentes? Para encontrar uma resposta a essa questão, foi realizado um projeto de conclusãode curso de graduação, a ser discutido neste artigo, cujo objeto de trabalho foram as ruínas do antigo Hotel Pilão. O seu objetivo foi encontrar uma solução para a manutenção do conjunto urbano de Ouro Preto intervindo arquitetonicamente de forma a evitar a criação de um falso histórico, assumindo como ação de intervenção a contraposição contextualizada, ou seja, uso de linguagem contemporâneaassociada ao respeito pelo entorno existente e a manutenção de sua ambiência. Abstract Ouro Preto, a living testimony to the architecture created in Brazil during the 18th and 19th centuries, can be seen as a choice area for interventions on the cultural heritage. The theories giving support to the architect's design decisions in this field are varied and sometimes contradictory. In 2003, miserably,one of Ouro Preto's old buildings—the former Hotel Pilão—, which belonged to the Praça Tiradentes architectural ensemble, was reduced to ruin by a fire. In 2005, after its purchase by FIEMG (State of Minas Gerais' Federation of Industries), architect Fernando de Oliveira Graça defined his rehabilitation proposal for the creation of the Cultural and Touristic Center of Ouro Preto'a branch of theFIEMG network with the motto “…yesterday and today. Past and contemporary.” The new building, opened on April 21st, 2006, is unclear in its externior treatment about the contemporary character of the intervention, a critical aspect of modern preservation theory, which abhors the creation of a “fake historic.” In regard of such an issue we may ask: is it possible to propose a new building with acontemporary expression without doing violence to the harmonious balance of the architectural ensemble that is the Praça Tiradentes? To find an appropriate answer, I did an undergraduate design thesis, exposed in this article, on the ruins of the former Hotel Pilão. The goal of this thesis was to find a solution that would preserve the urban fabric of Ouro Preto with an architectural intervention...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Grande Hotel de Ouro Preto
  • GRAND HOTEL OURO PRETO FINAL
  • ouro preto
  • Ouro preto
  • ouro preto
  • Ouro preto
  • Ouro Preto
  • Ouro Preto

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!