Hobbes e Rousseau

Páginas: 7 (1505 palavras) Publicado: 29 de outubro de 2014
INTRODUÇÃO
Durante o semestre, na disciplina de Filosofia Política, discutimos as obras de diversos autores, entre eles Thomas Hobbes e Jean-Jacques Rousseau.
Esse trabalho trata de comparar a forma de pensamento entre os dois autores, desde sua época histórica, traçando comparativos e apontando as diferenças e semelhanças entre eles.

A TEORIA DO CONTRATO SOCIAL
O Contrato Social, oucontratualismo, indica uma classe abrangente de teorias do que levam os homens a formarem os Estados, ou manterem uma ordem social. Essa noção de contrato traz implícito que as pessoas abrem mão de certos direitos em prol de um governo ou de certas autoridades em troca de vantagens na ordem social. Nesse prisma, o contrato seria um acordo entre os membros da sociedade, sob qual reconhecem aautoridade, igualmente sobre todos de um conjunto de leis, de um regime político ou de um governante.
O ponto inicial foi analisar como eram os homens sem um Estado governante e uma sociedade estruturada. Esse seria o seu estado de natureza, onde cada um seria governado apenas pela sua consciência e instinto de sobrevivência. A partir daí os contratualistas tentam cada um a seu modo, explicar como ohomem abdicou sua liberdade individual em seu estado de natureza para obter benefícios da ordem pública.
Os maiores nomes do contratualismo são Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau.

AS DIFERENÇAS FUNDAMENTAIS ENTRE A POLÍTICA E FILOSOFIA DE HOBBES E ROUSSEAU
Thomas Hobbes escreveu O Leviatã em 1651, em meio à Guerra Civil Inglesa.
Nos capítulos XIII, XIV, XVIII e XXI, do primeirolivro, ele estabelece como base da condição humana a necessidade de entregar o seu direito à liberdade a um soberano, uma vez que este será capaz de, tomando as decisões mais acertadas, preservar a vida e a segurança daqueles que lhe atribuíram esse poder. Hobbes acreditava que o estado natural do homem era o caos, já que todos os homens eram tão pouco diferentes que nenhum poderia aspirar umbenefício que o outro não pudesse também, (HOBBES, Thomas; 1974), isso significaria que eles tentariam, por força, conquistar aquilo que ainda não tem. O estado de guerra, para ele, não significa somente o combate físico ou a batalha, e sim o risco eminente de guerra. Nesse risco não há paz.
“[...] Com isto se torna manifesto que, durante o tempo em que os homens vivem sem um poder comum capaz deos manter a todos em respeito, eles se encontram naquela condição a que se chama guerra; e uma guerra que é de todos os homens contra todos os homens.” HOBBES, Thomas; Leviatã ou, Matéria, forma e poder de um estado eclesiástico e civil, 1651, Nova Cultural, 1974 (Coleção Os Pensadores).
Isto significa que, para Hobbes, os homens vivem única e individualmente em um estado de guerra, por isso anecessidade de um pacto com um soberano. Somente um governo central e soberano é capaz de evitar as guerras civis, e garantir a conservação da vida e para isso os “associados” devem ceder seus direitos ao soberano.
Já Rousseau, 200 anos depois, discorda.
Em seus escritos (Do Contrato Social, Livros I e II, capítulos 1 a 6), Rousseau acredita que a democracia é a forma de governo mais favorável.Diferente da democracia dos gregos e latinos, não admite escravidão como necessidade natural de alguns incapazes de guiarem corretamente suas próprias vidas. Para ele, a escravidão é uma imposição pela força física, o que não corresponde naturalmente à razão e moralidade. Isso significa que escravizar um inimigo é um ato de injustiça, já que seria o mesmo que condená-lo à morte, porém de umamaneira que favorece o Estado vencedor. Quanto à escravidão de civis do mesmo Estado, isso deve ser questionado já que quem não tem o direito de gozar da própria vida não tem direito algum para ceder ao estado.
“A força é um poder físico; não imagino que moralidade possa resultar de seus efeitos. Ceder à força constitui ato de necessidade, não de vontade; quando muito, ato de prudência” ROUSSEAU,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Rousseau e Hobbes
  • HOBBES E ROUSSEAU
  • Hobbes e rousseau
  • Apresente a diferença entre Hobbes e Rousseau
  • HOBBES, LOCKE E ROUSSEAU
  • Hobbes vs Rousseau
  • Hobbes, locke e rousseau
  • Rousseau ,Hobbes e Maquiavel

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!