historiografia

Páginas: 14 (3439 palavras) Publicado: 14 de outubro de 2014
Historiografia: os métodos eruditos, o materialismo de Marx e um novo conceito de história.1
Fernando de Sousa Viana

A escola metódica surgiu em um período em que as ciências humanas estavam passando por uma crise na qual elas não poderiam ser testadas empiricamente. Desta forma, não eram consideradas ciências válidas, pois não possuíam métodos empíricos. Leopold Von Ranke, nacionalista eestudioso das questões dos Estados, defendia a nobreza alemã, sendo a principal figura a difundir os ideais da escola metódica. A história era escrita desde séculos passados com uma forte presença da literatura. Ranke, então, a separou desta, que foi substituída pelo uso de documentos oficiais, já que possuíam um caráter empírico muito forte, além de uma estrutura diplomática e militar,assegurando, assim, sua validade científica. O cientificista dizia que a função do historiador seria recuperar os eventos por meio de documentos e, a partir destes, narrar. Esse trabalho poderia ser visto no Estado; logo, a história debruçar-se-ia em documentos escritos e oficiais de eventos políticos.
Ranke negava-se à filosofia da história. No entanto, com uma grande ênfase ao sujeito histórico universal– o Estado –, continuava sendo um historiador-filósofo. Sua impertinência à filosofia da história manifesta-se em alguns métodos:

O historiador não é juiz do passado, não deve instruir os contemporâneos, mas apenas dar conta do que realmente se passou; não há nenhuma interdependência entre o historiador, sujeito do conhecimento, e o seu objeto, os eventos históricos passados. O historiador seriacapaz de escapar o todo condicionamento social, cultural, religioso, filosófico etc. em sua relação com o objeto, procurando a ''neutralidade''; a história - res gestae - existe em si, objetivamente, e se oferece através dos documentos; a tarefa do historiador consiste em reunir um número significativo de fatos, que são "substâncias" dadas através dos documentos "purificados", restituídos a suaautenticidade externa e interna; os fatos, extraídos dos documentos rigorosamente criticados, devem ser organizados em uma sequência cronológica, na ordem de uma narrativa; toda reflexão teórica é nociva, pois introduz a CORRGIRI especulação filosófica, elementos a priori subjetivistas; a história-ciência pode atingir a objetividade e conhecer a verdade histórica objetiva se o historiador observaras recomendações anteriores. (REIS, 2004, p. 17).

Ranke acreditava na pureza desses documentos, pois, para ele, não possuíam algum tipo de interferência ideológica, estavam isentos de equívocos. A partir dessas fontes, a função do historiador seria averiguar a autenticidade do arquivo, verificando se as expressões utilizadas eram de fato correspondentes à época, se o papel era realmenteutilizado naquele período, entre outras coisas. Feita essa comprovação, o historiador deveria aproveitar toda a veracidade do documento de forma imparcial.

A história científica, portanto, seria produzida por um sujeito que se neutraliza enquanto sujeito para fazer aparecer o seu objeto. Ele evitará a construção de hipóteses, procurará manter a neutralidade axiológica e epistemológica, isto é, nãojulgará e não problematizará o real. Os fatos falam por si e o que pensa o historiador a seu respeito é irrelevante. (REIS, 2004, p. 18).

A responsabilidade do historiador era reunir as informações do documento e relatar numa ordem cronológica. Então, a história obteria a mesma característica das ciências naturais: a objetividade. Como a historiografia era baseada nesse tipo de fonte, tornava-sealgo individual, ganhava uma característica fragmentada, já que não contava o fato em sua totalidade, mas de acordo com aquilo que continha no documento – geralmente, a história de homens importantes que tiveram um papel de destaque em sua sociedade.

Os fatos “narráveis” eram os eventos políticos, administrativos, diplomáticos, religiosos, considerados o centro do processo histórico, dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • historiografia
  • Historiografia
  • Historiografia
  • Historiografia
  • historiografia
  • historiografia
  • Historiografia
  • Historiografia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!