Historia

Páginas: 16 (3977 palavras) Publicado: 18 de novembro de 2013
A GUERRA DOS CEM ANOS
 
Essa guerra ocorreu durante os anos de 1337 -1453. Foi à disputa entre ingleses e franceses pela posse de alguns territórios franceses, destacando-se a região dos Flandres. Mas essa guerra teve vários efeitos negativos para a população européia.
 
Em 1328, quando morreu o rei francês Carlos IV, dois pretendentes disputavam o trono: Filipe de valores, nobre francês esobrinho do rei Filipe, o Belo e Eduardo III, rei da Inglaterra e neto do mesmo Filipe, por parte de mãe. Para resolver o impasse, foi convocada uma assembléia de senhores feudais franceses, que escolheram Filipe de Valores como rei da França. Esta decisão foi baseada na lei Sálica,  que proibia a ocupação do trono da França por linha materna. Com isso Filipe de valores é coroado Filipe IV e iniciaa dinastia Valores.
 
Claro que essa decisão não agradou os ingleses, pois estes tinham muitos planos comerciais para a região francesa do Flandres.
 
O motivo da disputa por essa região era a concentração de um comércio ativo e manufaturas de tecidos, mas que utilizavam como matéria-prima lã produzidas na Inglaterra. Os produtores franceses queriam garantir a importação da lã inglesa semtantas dificuldades. Então, os burgueses dessa região foram buscar apoio com Eduardo III, que tomou posse da região, baseando-se nos direitos sucessórios, visto ser neto do rei.
 
Em 1337, a França declara guerra à Inglaterra e inicia-se uma guerra que durou aproximadamente um século. Embora tenham durado tanto tempo, os períodos de guerra eram intercalados com momentos de paz.
 
O período de1337 até 1422 teve vários pontos de destaque. O exército inglês foi superior ao francês, garantiu vitórias. Algumas delas foram: Batalha de Ecluse( 1340);Crécy(1346) e Poitiers(1356). Depois em 1360, a Inglaterra passou a ocupar um terço do território francês.
Medieval
A Guerra dos Cem Anos
A GUERRA DOS CEM ANOS

Por Claudio B. Recco

Introdução

A Guerra dos Cem Anos foi um longo conflitoque envolveu a Inglaterra e França entre os séculos 14 e 15, período marcado por transformações socioeconômicas e políticas, que caracterizaram a crise do sistema feudal.
O grande crescimento populacional e das cidades, assim como o movimento das Cruzadas, foi responsável pela reativação da produção e do comércio, e deu uma nova dinâmica às sociedades européias. Do ponto de vista político, os reisfortaleceram e centralizaram o poder, refletindo os novos interesses que se desenvolviam, relacionados à formação de uma camada de mercadores e a adaptação da nobreza e de seus interesses.
Para os mercadores, as estruturas feudais representavam um obstáculo ao desenvolvimento, uma vez que a autonomia de cada feudo permitia que houvesse uma variação muito grande moedas, leis, exércitos, sistemade pesos e de medidas, dificultando a circulação de mercadorias. Por isso os grupos mercantis e, em particular os habitantes dos burgos, tenderam a apoiar a centralização do poder real, com o intuito de unificar os mercados. Apesar de pouco numerosos e considerados como um grupo marginal, os burgueses formavam uma camada nascente que acumulava capitais e contribuía financeiramente para o rei armarseus exércitos.

A formação das nações

O processo de centralização política pode ser percebido desde o século 12, de forma sutil, na medida em que os reis exigiam que seus vassalos se subordinassem a seus tribunais.
A formação das Monarquias nacionais é normalmente apresentada como um processo linear, ou seja, um processo político onde, gradualmente o rei aumenta seu poder ao longo do tempoe, ao contrário, a nobreza e o clero perdem poder e espaço político. Apesar dos grandes interesses em jogo, a centralização do poder real encontrou peculiaridades em cada região européias ou em cada nação em formação.
Na Península Ibérica, a formação dos reinos está diretamente vinculada a Guerra de Reconquista e mescla interesses feudais e comerciais. O condado portucalense, que deu origem ao...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • HISTÓRIAS NOSSAS HISTÓRIAS
  • Historia da Historia
  • Historia das historias
  • historia e historia
  • a historia da historia
  • historia da historia
  • histórias nossas histórias
  • historia da historia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!