Historia de Macacos

Páginas: 2 (299 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
CAçA AO TESOURO

1. Refira o nome do autor da obra que estamos a estudar.
O nome do autor da obra que estamos a analisar chama-se Antoine De Saint-Exupéry.

2.Indique o nome do local onde o escritor nasceu.
O autor nasceu em Lyon na França.

3. Mencione a data de nascimento deste escritor e aviador.
Antoine De Saint-Exupéry nasceuno dia 29 de Junho de 1900.

4. Enumere o nome de alguns dos livros que o autor escreveu.
O autor escreveu livros tais como: O aviador, Correio do Sul e Voo noturno.

5.Explique o que aconteceu ao escritor no ano de 1935, quando sobrevoava o Norte de África ao serviço da Air France.
No ano de 1935 quando o autor sobrevoava no Norte de Áfricaa sua aeronave experimental desempenhou-se e ficou muitos dias no deserto até ter sido salvo por uma caravana. Foi este episódio que inspirou-se para escrever o seu próximolivro, O Principezinho.

6. Indique a data e o local de publicação da sua obra mais conhecida.
Esta obra foi publicada em 1943 em plena segunda Guerra Mundial.

7. Resumaa ação da obra ­O Principezinho.
Esta obra é sobre a experiencia do narrador e autor quando se encontra preso no deserto depois do seu avião se ter despistado. Encontra-secom uma personagem chamada o Principezinho e com ela passa por inúmeros planetas conhecendo pessoas diferentes, cada uma fazendo uma critica a sociedade e ao mesmo tempoaprendendo várias lições de moral, a mais famosa sendo “O mais importante é invisível aos olhos”.

8. Explicite por que o motivo o desaparecimento de Saint-Exupéry se mantém umaincógnita.
O motivo é porque o autor nunca foi encontrado depois de partir em 1944 de Sardenha, nunca mais foi visto e daí o seu desaparecimento mantem-se um grande mistério.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • HISTORIAS DOS MACACOS
  • macacos
  • macaco
  • macacos
  • macaco
  • macacos
  • Macacos
  • o macaco

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!