história e arte moderna e contemporânea

Páginas: 27 (6513 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
1º Semestre - História de Arte Moderna e Contemporânea

EUAC - 2013/14

«Nos seus inícios, a arte ainda retém algo de misterioso, um pressentir
misterioso e uma nostalgia, porque as suas configurações ainda não deram
inteiramente relevo, para a intuição imagética, ao seu Conteúdo [Gehalt]
pleno. Mas se o conteúdo [Inhalt] completo se apresentou em configurações
artísticas, o espírito quecontinua a olhar para frente volta-se desta
objectividade para o seu interior e afasta-a de si. Tal época é a nossa.
Podemos bem ter a esperança de que a arte vá sempre progredir mais e
consumar-se, mas sua Forma deixou de ser a mais alta necessidade do
espírito. Por mais que queiramos achar excelentes as imagens gregas de
deuses e ver Deus Pai, Cristo e Maria expostos digna e perfeitamente —isso
de nada adianta, pois certamente não iremos mais inclinar os nossos
joelhos?»

HEGEL, Georg W. Friedrich, Estética I - A Ideia e o Ideal; Estética II - O belo Artístico ou o Ideal;

Estética III - A arte simbólica; Estética IV - A Arte Clássica e a Arte Romântica; Estética V - Arquitectura
e Escultura; Estética VI - Pintura e Música; Estética VII - Poesia, Lisboa, Guimarães editores1972.

1

Maria Manuel Lopes Montes André Nascimento

1º Semestre - História de Arte Moderna e Contemporânea

EUAC - 2013/14

Introdução
Para dar início a este trabalho, vou começar por fazer a mesma pergunta com que Renato De
Fusco começou a introdução do seu livro “História da arte Contemporânea”

“Por que não é a arte contemporânea compreendida como a arte do passado?”
Na minhaperspetiva, a arte contemporânea, num ponto de vista sociológico, divide o público
em duas classes de Homens: os que a entendem e os que não a entendem. Toda a arte
quando recente é impopular, pois tudo o que é inovador nunca é aceite facilmente e
frequentemente provoca divergências: a uns agrada a outros não. O problema da arte
contemporânea é que ela permanece impopular, mesmo depois de anosde exposições e
apresentações, uma vez que sendo hermética e desconcertante, não é compreendida pelo
grande público e é dirigida para uma minoria distinta e privilegiada capaz de interpretar os
múltiplos códigos particulares e especializados das várias tendências – “ismos”.
Até ao séc. XX a arte apresentava uma “narração” extraída das vivências do quotidiano, dos
textos sagrados, daliteratura, do teatro e de outras formas de espetáculo, de composições
feitas com base nas regras da proporção, da arquitetura, de um sistema cromático resultante
de experiencias vividas, de leis de óptica, da prática dos ofícios e de um simbolismo extraído
dos mitos e crenças naturalistas. A existência de um código múltiplo na arte do passado e a
abrangência de tantas camadas de conhecimento, faz comque cada obra possa ser
compreendida por um maior número de pessoas, independentemente do seu nível cultural.
Seguindo os critérios adotados por Renato De Fusco, que procurou na sua obra “História da
arte Contemporânea”, simplificar e captar, na enorme variedade das obras e das poéticas, os
seus fatores constantes, este trabalho vai seguir uma estrutura, que contempla toda a
produçãoartística do séc. XX, mas não segundo a cronologia das correntes em que
normalmente se apresenta divida. Vai-se estruturar nas seis linhas de tendência que são mais
inclusivas: a linha da expressão, a da formatividade, a do onírico, a da arte social, a da arte útil
e a da redução. Cada uma delas reúne e explica movimentos e fenómenos artísticos, que têm
entre si fatores comuns.

2

Maria ManuelLopes Montes André Nascimento

1º Semestre - História de Arte Moderna e Contemporânea

EUAC - 2013/14

1 - Linha da Expressão
A linha de expressão é uma linha de tendência que nos ajuda a compreender as características
de muitas das variadas manifestações de arte, como por exemplo a Arte Nova, o
Expressionismo, o Futurismo, o Abstracionismo Impressionista, o Informalismo, o Action...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Arte moderna e contemporanea
  • arte moderna à contemporanea
  • Arte moderna e contemporanea
  • Arte moderna e contemporanea
  • arte moderna e contemporanea
  • Historia da Filosofia contemporânea e moderna
  • historia da dança moderna e contemporanea
  • HISTORIA MODERNA E CONTEMPORANEA II

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!