História psicologia organizacional

Páginas: 10 (2251 palavras) Publicado: 15 de junho de 2011
História da Psicologia Organizacional
Uma História de Desafios
Como surgiu a Psicologia Organizacional e do Trabalho e para onde ela caminha

Publicado em Panorama – Ciência e Profissão – Diálogos – n.5 – Dezembro 2007 (p.24-7)

Nos dicionários, o trabalho é concebido como um conjunto de atividades exercidas pelo homem – seja na produção, gestão ou transformação dos recursos da vida emsociedade – em busca de um determinado fim . Mas suas implicações vão muito além disso. Ele tem uma conotação existencial na medida em que os indivíduos se sentem produtivos por terem uma função, um emprego, uma rotina corporativa. É também fator de inclusão social, de reconhecimento pessoal. As relações entre o homem e o mundo do trabalho estão no foco da Psicologia Organizacional e do Trabalho(POT), um campo da ciência que em pouco mais de um século de existência.
A POT surge na segunda metade do século XIX, mas sua pré-história remonta à Revolução Industrial e a instauração definitiva do trabalho assalariado. Nesse período, com o surgimento das fábricas, as relações sociais igualmente de transformaram. Com o tempo, as organizações passaram a centrar seus esforços na busca de adesões ena minimização de conflitos, fosse pelo acordo, fosse pela ameaça, iniciava-se um período em que as células de produção necessitariam do auxílio de mediadores capacitados.  No século XIX, a psicologia apareceu como área inovadora na análise de condutas humanas, bem como fonte de técnicas aplicadas à busca do bem-estar mental. (1) Esses conhecimentos acabaram logo apropriados pelas grandescorporações industriais do Ocidente. Os instrumentos teóricos desse novo campo de estudo foram utilizados no recrutamento de soldados (2) e na seleção de empregados para as fábricas. Em 1913, Hugo Münsterberg publicou Psychology and Industrial Efficiency, obra que focalizava, sobretudo, as técnicas de seleção de pessoal e de ajuste funcional.
Foi esta uma época marcada fortemente pelos estudos desenvolvidospor Frederick Taylor, o pioneiro da administração científica, destinada basicamente a estabelecer critérios para a ação laboral e aumentar a produtividade. (3) A partir desses postulados, o engenheiro Frank Gilbreth e sua mulher, a psicóloga Lilian Gilbreth, estudaram as maneiras pelas quais as tarefas eram executadas. O objetivo era projetar ambientes e elaborar sistemáticas que maximizassem aeficiência do trabalho humano.
Por que esse interesse? Naquele período, com a crescente necessidade de incrementar a produção, as jornadas de trabalho se tornavam ainda mais pesadas, com até 14 horas diárias. As tarefas também se diferenciavam. (4) E, com isso, ficava cada vez mais claro que os funcionários apresentavam distintas competências e podiam render mais – ou menos – em virtude do setorem que atuavam. No ritmo intenso exigido pelas indústrias – e sem a existência na prática de direitos trabalhistas como o descanso semanal – as baixas começaram a crescer. Foi a partir dos estudos sobre fadiga, acidentes e a elaboração de critérios e de fluxos de produção que a POT deu seus primeiros passos.
Nos anos 20 (5) e 30 (6), as atividades dos psicólogos se estenderam ao treinamento dosprofissionais e também às investigações de fatores ambientais que afetavam a produtividade. Vários desses estudos tinham viés behaviorista. Avaliavam-se estímulos e respostas do grupo de trabalhadores, ainda em processos destinados a elevar a produtividade. Em 1924, iniciou-se um estudo na unidade de Hawtorne Works, da Western Electric, em Chicago. Avaliava=-se, a princípio, a reação dosfuncionários a alterações de luminosidade na fábrica. Três anos depois, a investigação ficou a cargo do australiano Elton Mayo (7), que fez descobertas revolucionárias.
Diversamente o que determinava dogmaticamente a lógica “científica” da eficiência baseada em regras e procedimentos objetivos, a produtividade dos trabalhadores parecia estar associada a um conjunto complexo de razões. Mayo chegou à...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • História da Psicologia Organizacional
  • História da psicologia organizacional
  • Breve história da psicologia organizacional
  • Breve historia da psicologia industrial / organizacional
  • Psicologia Organizacional. Da administração Científica à Globalização: uma história de desafios
  • Psicologia organizacional da administração científica a globalização : uma história de desafios
  • historia da psicologia organizacional aula 1 1
  • Psicologia Organizacional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!