história medieval

Páginas: 6 (1353 palavras) Publicado: 28 de outubro de 2014
Ayrton Jorge Lins da Fonseca
O Império Carolíngio
(Resenha crítica sobre o tema)
Campos dos Goytacazes/RJ
Outubro de 2014
AYRTON JORGE LINS DA FONSECA
Análise Crítica
Análise Crítica, apresentada na Universidade Federal Fluminense (UFF- Pólo Universitário de Campos dos Goytacazes) como parte das exigências para a conclusão da disciplina de História Medieval I, do 2º período do curso deHistória.
Orientador: Profª Drª Carolina Coelho Fortes.
Campos dos Goytacazes/RJ
Setembro de 2014

Resenha sobre o livro
“As raízes medievais da Europa (Capítulo: Uma Europa abortada: o mundo carolíngio, séculos VIII-X, páginas 49 – 63)”
O capítulo se inicia tendo uma afirmação polêmica, o autor declara que o período do qual vamosestudar se destaca por ser o período onde teremos a primeira tentativa que formação da Europa, por Carlos Magno. Em minha opinião, essa afirmação pode ter outras alternativas, pois alguns historiadores relatam que a formação do continente europeu foi iniciada na Antiguidade clássica com a ajuda dos gregos e romanos, com seus extraordinários legados políticos, sociais e filosóficos, portanto essaquestão é evidenciada em um debate para que cada opinião possa desenvolver seu argumento perante a formação do grande continente europeu.
O texto é caracterizado pelas informações da formação do Império do imperador Carlos Magno (768-814), ou melhor, Império Carolíngio, sendo o maior momento de destaque do Reino Franco, localizado na região central da Europa. O autor relata o objetivo patriótico deCarlos Magno perante seu império, com o exemplo dos nomes francos nos meses do calendário. O outro relato do autor, que em minha opinião é o mais importante neste inicio de texto, é a afirmação que as idéias Carlos Magno foram as primeiras para estabelecer uma construção da Europa dominada por apenas um povo ou império, o autor cita exemplos que apareceram durante toda a história como: Carlos V,Napoleão Bonaparte, Adolf Hitler, e suas intenções anti-européias e pensamentos centralizados, claro que cada um com sua ideologia.
A ascensão dos carolíngios é definida em dois momentos por Le Goff: no final do século V com Clóvis e seus filhos, e o outro momento no século VIII, onde temos o enfraquecimento dos merovíngios. O texto em si, destaca os reis Carlos Martel, Pepino - o breve, CarlosMagno e Luiz – o piedoso, e todos os seus feitos.
Carlos Martel teve destaque em 714 ao suceder seu pai Pepino de Herstal, o mesmo foi considerado um rei verdadeiro e ganhou prestigio depois de suas vitórias. Portanto sua história é considerada pequena, com o foco de destaque agora voltado para seu filho Pepino, o breve, que após a sua morte de seu pai subiu ao poder, e logo foi destronando oúltimo merovíngio, como ponto importante da passagem de Pepino, temos o feito do mesmo ser sagrado rei por duas vezes, a primeira em vez, Pepino assumiu a coroa diante de uma assembléia cheia de leigos e eclesiásticos em Soissons, em 751, a segunda vez foi em 754, sendo coroado pelo papa e acompanhado de seus filhos Carlomano e Carlos, posteriormente Carlos Magno.
Após a morte de Pepino, a sucessãodo trono ficou frente a uma divisão entre seus 2 filhos: Carlomano e Carlos, mas em 771, Carlomano morre, e assim deixando o poder nas mãos de Carlos, que é o futuro Carlos Magno, destaque para a nova dinastia dos carolíngios, o meu estudo sobre o texto vale descrever, que o autor destaca o papel importantíssimo de Carlos Magno na formação do Império Carolíngio durante todo o texto, isso me fazsentir que todas as determinações e opiniões de Le Goff partem do principio do governo de Magno.
Le Goff inicia sua descrição sobre Carlos Magno afirmando que o mesmo deu inicia à uma nova dinastia dos carolíngios, destacando o lado guerreiro desse importantíssimo rei e suas conquistas que são muitas, vamos citar algumas: Conquista da Germânia em 772, Conquista da Pavia em 774, Anexação do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • História Medieval
  • Historia medieval
  • História medieval
  • Historia medieval
  • historia medieval
  • História medieval
  • historia medieval
  • Historia medieval

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!