História economica de angola

Páginas: 30 (7292 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
Encontro Internacional sobre História de Angola Luanda, 28/09/2010 a 01/10/2010

Comunicação

Jonuel Gonçalves Questões sobre a História Económica de Angola
Da fundação de Luanda ao começo do ultra-colonialismo

1. Identidades na economia? A Economia é talvez a única das ciências sociais para quem “identidade” não é categoria de analise nem mesmo noção importante. No dialogo com a Históriae a Sociologia, alguns economistas preocuparam-se em dado momento com a eventual adaptação das problemáticas “identitárias” aos estudos económicos, mas a deriva em que essas problemáticas entraram, reduziu bastante a preocupação. Na verdade, a “identidade” é objeto de vários conceitos - o que ocorre com outras expressões em todas as ciências sociais - mas sobretudo é usada para legitimar causasmuitas vezes antagonicas, ao ponto de aparecer como quase sinonimo de

fechamento comunitário ou nacional e até como manifestação de xenofobia, racismo ou etnicismo. Por essa razão, a pesquisa em Economia menciona as “identidades” - por exemplo em estudos sobre contextos locais ou regionais - quando manifestações de finanças,

particularismo incidem sobre

aspectos de produção, consumo ourecorrendo a definições de historiadores, sociólogos ou antropólogos, quase sempre sem tecer muitos comentários e sempre optando por definições compatíveis com suas ideologias ou valores. Duas expressões, muito usadas como espaços das “identidades” por todos os teóricos

1

destas, constituem recurso frequente nos estudos económicos: comunidade e nação, na medida em que ambos permitem situardois elementos fundamentais da atividade económica - o mercado e o estado. A palavra comunidade cobre espaços de todas as dimensões, desde a comunidade de vizinhos à internacional. Atualmente é muito usada em África para definir as

entidades de integração económica, após tê-lo sido na Europa até perto de final do século XX. Em quase todo o Atlântico Sul, nas suas margens oriental e ocidental, anação é produto das fronteiras criadas pelo sistema colonial, o que suscita debate sobre a existência ou não de definição única. Embora tenham sido criações européias, as delimitações fronteiriças não obedeceram aos mesmos critérios de afinidades históricas e culturais de grande parte dos estados da Europa, ainda que notáveis exceções são perceptíveis nesse continente também, com os casos deacentuada

multiculturalidade da Suíça e da Rússia. Tal multiculturalidade é regra geral no Atlântico Sul, com o quadro demografico marcado por populações de distintas origens - mais ou menos longínquas. construção nacional nesse quadro segue a simbologia de Benedict Anderson A de

“comunidades imaginadas” mas também a afirmação de Leopold Senghor de que “na Europa a nação precede e cria o estado,no terceiro mundo o estado precede a nação e tem como uma de suas funções criá-la“. Se a “identidade”, como afirmação de valores específicos e características estáveis, tem peso diferente consoante as disciplinas, já comunidade e nação apresentam a mesma importância em todas as ciências sociais e, as diferenças de interpretação não estão ligadas a cada uma delas mas manifestam-se de igual mododentro de cada uma. Assim, é minha proposta para este texto usar “entidades” em vez de “identidades” A História Económica de Angola, bem como de seus antecedentes territoriais e demográficos, é constantemente marcada pela precariedade e pela violência, não apenas para afirmação de poderes ou conquista de espaço territorial, mas ainda

porque a atitude do poder colonial e de alguns poderespré-coloniais conhecidos, em relação à população, consistiu em usá-la como força de trabalho a baixo custo, suscitando um contexto social dos mais penosos em cada época histórica e, do ponto de vista económico, inibidor de mercado interno que tivesse margem de consumo proporcional ao numero de habitantes.
2

As mentalidades que presidiram tais atitudes e as consequências geradas, colocaram Angola e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • História econômica de angola
  • História da Angola
  • História de Angola
  • Historia de angola
  • História de Angola
  • História de angola
  • História de Angola
  • História de angola

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!