História econômica e social

Páginas: 15 (3536 palavras) Publicado: 16 de setembro de 2012
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL
UNIDADE CAMPO GRANDE


HISTÓRIA ECONÔMICA E SOCIAL DO BRASIL








CAMPO GRANDE – MS
2012
GISELE DA CRUZ VASQUE MENDES

HISTÓRIA ECONÔMICA E SOCIAL DO BRASIL

Fichamento apresentado como parte de avaliação à disciplina de História Econômica e Social, do Curso de Geografia, na Unidade de Campo Grande da UniversidadeEstadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).
Orientação: Profª. Mª. Valéria Ferreira da Silva.








CAMPO GRANDE – MS
2012
FICHAMENTO
Gisele da Cruz Vasque Mendes
giselevasque.geo@gmail.com
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

“PARA SE compreender o caráter da colonização brasileira é preciso recuar no tempo para antes do seu início, e indagar das circunstâncias quea determinaram. A expansão marítima dos países da Europa, depois do séc. XV, [...] se origina de simples empresas comerciais levadas a efeito pelos navegadores daqueles países.” (PRADO JÚNIOR, 2004, p. 13).
“[...] todos os grandes acontecimentos desta era a que se convencionou com razão chamar de “descobrimentos” articulam-se num conjunto que não é senão um capítulo da história do comércioeuropeu.” (PRADO JÚNIOR, 2004, p. 14).
“[...] A ideia de povoar não ocorre inicialmente a nenhum. É o comércio que os interessa, e daí o relativo desprezo por estes territórios primitivos e vazios que formam a América; e inversamente o prestígio do Oriente, onde não faltava objeto para atividades mercantis.” (PRADO JÚNIOR, 2004, p. 15).
“[...] Para os fins mercantis que tinham em vista, a ocupaçãonão se podia fazer como nas simples feitorias, com um reduzido pessoal incumbido apenas do negócio, sua administração e defesa armada; era preciso ampliar estas bases, criar um povoamento capaz de abastecer e manter as feitorias que se fundassem, e organizar a produção dos gêneros que interessavam seu comércio. A ideia de povoar surge daí e só daí.” (PRADO JÚNIOR, 2004, p. 16).
“[...] Erapreciso povoar e organizar a produção: Portugal realizou estes objetivos brilhantemente. Repeti-los-á na América.” (PRADO JÚNIOR, 2004, p. 16).
“[...] Daí derivará também um novo tipo de colonização que tomará um caráter inteiramente apartado dos objetivos comerciais até então dominantes neste gênero de empresas. O que os colonos desta categoria têm em vista é construir um novo mundo, uma sociedadeque lhes ofereça garantias que no continente de origem já não lhes são mais dados. [...] Procuram então uma terra abrigo das agitações e transformações da Europa, de que são vítimas, para refazerem nela sua existência comprometida. O que resultará deste povoamento, realizado com tal espírito e num meio físico muito aproximado da Europa, será naturalmente uma sociedade que embora com caracterespróprios, terá semelhança pronunciada com a do continente de onde se origina. Será pouco mais que um simples prolongamento dele.” (PRADO JÚNIOR, 2004, p. 18-19).
“[...] Aqui a ocupação e o povoamento tomarão outro rumo. Em primeiro lugar, as condições naturais tão diferentes do habitat de origem dos povos colonizadores, repelem o colono que vem como simples povoador, da categoria daquele que procura azona temperada.” (PRADO JÚNIOR, 2004, p. 19).
“[...] Como se vê, as colônias tropicais tomaram um rumo inteiramente diverso do de suas irmãs da zona temperada. Enquanto nestas se constituirão colônias propriamente de povoamento [...] escoadouro para excessos demográficos da Europa que constituem o novo mundo uma organização e uma sociedade à semelhança do seu modelo e origem europeus; nostrópicos, pelo contrários, surgirá um tipo de sociedade inteiramente original. Não será a simples feitoria comercial que já vimos irrealizável na América. Mas conservará no entanto um acentuado caráter mercantil; será a empresa do colono branco, que reúne à natureza pródiga em recursos aproveitáveis para a produção de gêneros de grande valor comercial, o trabalho recrutado entre raças inferiores...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sebenta história económica e social
  • A história social e econômica da amazônia
  • Apontamentos de História Económica e Social
  • História economica e social
  • História Econômica e social da Idade Média
  • Declínio e mudança
  • Historia Economica
  • história economica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!