História do conceito de saúde

Páginas: 5 (1053 palavras) Publicado: 7 de abril de 2013
Inicialmente as concepções de doenças variavam de acordo com a evolução histórica e das inter-relações entre os contextos culturais, sociais, políticos e econômicos, atribuídos à evolução das ideias da experiência humana. De acordo com as pesquisas paleontológicas, as doenças acompanham a humanidade remetendo a tempos muito antigos. O homem racional, que sempre tentou apregoar justificativa atodos os fatos, buscou desde cedo empregar conceitos do que vinha a ser a doença e a partir disto, a buscar incessantemente combater a estas ameaças.

A primeira concepção de doença deu-se a partir da ideia “mágico-religiosa” atribuindo-se causas as doenças como a ação de forças alheias ao organismo que neste se introduziam por causa do pecado ou de maldição. Por exemplo: para os antigoshebreus, as doenças representavam um sinal da ira divina diante dos pecados humanos, já em outras culturas o xamã, feiticeiro tribal, era quem se encarregava de expulsar, mediante rituais, os maus espíritos que se tinham apoderado da pessoa, causando doença. Para os índios Sarrumá, que vivem na região da fronteira entre o Brasil e Venezuela, o conceito de morte, no geral, era resultado da maldição deum inimigo. Assim deram-se as primeiras ideias sobre as doenças.

Com a medicina grega, atribuiu-se além dos procedimentos ritualísticos, culto aos deuses vinculados à saúde, o uso de plantas e métodos naturais para as crenças de cura. As primeiras formas de prevenção das doenças não foram realizadas de forma consciente. Manifestaram-se pelos preceitos religiosos do judaísmo com afinalidade de acentuar as diferenças entre hebreus e outros povos do Oriente Médio.

Toda essa visão “mágico-religiosa” antecipou a entrada para a história do primeiro homem a pensar com uma visão epidemiológica à medicina: Hipócrates de Cós (460-377 a.C. ). Hipócrates postulou a existência de quatro fluidos (humores) principais no corpo: bile amarela, bile negra, fleuma e sangue. Desta forma, asaúde era baseada no equilíbrio desses elementos. Ele via o homem como uma unidade organizada e entendia a doença como uma desorganização desse estado. Através da sua observação empírica ele apresentou sua obra discutindo os fatores ambientais ligados à doença, revelando uma visão epidemiológica e defendendo um conceito ecológico do problema de saúde-enfermidade.

O advento da modernidademudara essas concepções. O suíço Paracelsus (1493-1541), afirmava que as doenças eram provocadas por agentes externos ao organismo. Naquela época, a química começava a se desenvolver e influenciava a medicina. Dizia Paracelso que, se os processos que ocorrem no corpo humano são químicos, os melhores remédios para expulsar a doença seriam também químicos, e passou então a administrar aos doentespequenas doses de minerais e metais. No século XVII, com o desenvolvimento da anatomia, afastou- se a concepção humoral da doença, que passou a ser localizada nos órgãos.

Ainda com os avanços da modernidade, no século XIX, registou-se aquilo que depois seria conhecido como a revolução pasteuriana. Com o microscópio, descoberto no século XVII, mas até então pouco valorizado, estava-sedescobrindo a existência de microrganismos causadores de doença e possibilitando a introdução de soros e vacinas. Nessa época nascia também a epidemiologia, baseada n estudo pioneiro do cólera em Londres, feito pelo médico inglês John Snow (1813-1858), e que se enquadrava num contexto de “contabilidade da doença”.

Em 1848, Edwin Chadwick (1880-1890), promulgou uma lei criando uma DiretoriaGeral de Saúde, encarregada principalmente, de propor medidas de saúde pública e recrutar médicos sanitaristas. Dessa forma teve início oficial o trabalho de saúde pública. Depois disso, várias outras regiões foram aderindo sistemas de saúde pública de acordo com as suas necessidades locais e históricas como os E.U.A, Alemanha e França. Com todos esses sistemas criados não havia ainda um conceito...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A História filosófica no conceito de saúde
  • HISTÓRIA DO CONCEITO DE SAÚDE
  • HISTÓRIA DO CONCEITO DE SAÚDE
  • SAÚDE COLETIVA: HISTÓRIA DE UMA IDÉIA E DE UM CONCEITO
  • Resenha Artigo Historia Do Conceito De Saude
  • Resumo Conceito de saude doença aolongo da historia
  • resenha Saude coletiva: historia de uma ideia e de um conceito
  • Conceito de saude

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!