História das ideias políticas

Páginas: 21 (5106 palavras) Publicado: 23 de agosto de 2014
1. Introdução

O presente trabalho com o tema a reforma protestante e o reforço do poder civil, segundo Martinho Lutero, é de grande importância pois o mesmo trata de assuntos que dizem respeito ao mesmo, como é o caso de alguns que passaremos por fazer menção. Pode-se observar que Lutero nasceu em Eislebem, em 1483, e morreu no mesmolocal, em 1546, aos 63 anos de idade. Era filho de camponeses, mas o pai tornou-se mineiro e acabou como pequeno empresário e a sua família deu-lhe uma educação serva e cristã.
No que diz respeito à reforma ou o protestantismo, eis como LUTERO, proclamando a plena liberdade dos filhos de Deus para interpretarem a Escritura segundo o seu direito de livre exame, sem nenhuma sujeição à autoridadeeclesiástica no domínio espiritual, pôde defender ao mesmo tempo a mais completa sujeição dos súbditos ao poder temporal, afastado qualquer veleidade de afirmação da autoridade do cidadão frente ao Estado.
















1.1-A reforma protestante e o reforço do poder civil: LUTERO
1.2.-Vida e obra de LUTERO.
MARTINHO LUTERO nasceu em Eislebem, em 1483, e morreu no mesmo local, em 1546,aos 63 anos de idade.
Era filho de camponeses, mas o pai tornou-se mineiro e acabou como pequeno empresário. A família deu-lhe uma educação serva e cristã.
Aos 18 anos entra na Universidade de Erfurt, onde rapidamente conquista os graus de bacharel e mestre.
Em 1506 professa como monge de eremitas de Santo Agostinho. Ordenado sacerdote em 1507, encaminha-se para a docência universitária.Doutora-se em teologia em 1512, e nos anos seguintes rege cursos sobre o Livro dos Salmos e sobre as Epístolas de S. Paulo aos Romanos, aos Gálatas e aos Hebreus.
Depois de vários anos de uma vida interior atormentada, encontra finalmente a paz quando descobre uma interpretação pessoal para a frase da Epístola de S. Paulo aos Romanos: ‘’ o justo vive da fé’’ (I, 17). Começa aqui a originalidade doseu pensamento teológico: segundo LUTERO, só a fé salva o homem pecador.
Porém, a primeira grande divergência com Roma surge com a questão das indulgências. ‘’ A indulgência’’ é a concessão do perdão dos pecados obtida pela confissão, pela comunhão e por uma esmola dada à Igreja. Na prática, as indulgências funcionavam aos olhos do vulgo como forma de comprar, pelo dinheiro, o direito de entrar noCéu.
O papado lançava campanhas sucessivas para através das indulgências obter financiamentos para as suas obras. A dada altura, decretou-se uma indulgência para concluir as obras da basílica de S. Pedro, em Roma. A consequência prática era que o dinheiro dos fiéis alemães ia todo para Roma. Contra isto se erguiam os teólogos, os nacionalistas germânicos, os cristãos mais pobres.
É nesteambiente que LUTERO solta o seu grito de revolta: em 31 de Outubro de 1517 afixa nas portas do castelo da vila de Wittenberg, em cuja Universidade ensinava, as suas críticas veementes: são as 95 teses de Wittenberg.
Em poucas semanas as teses propagam-se a toda a Alemanha e tornam-se deveras populares. Roma reage inicialmente com indiferença. Depois iniciam-se conversações tendentes a reconduzir omonge Agostinho à doutrina tradicional. Mas LUTERO tem cada vez mais apoios: colegas de teologias, estudantes excitados que incendeiam as obras de quem tenta rebatê-lo, príncipes e senhores feudais avessos à hegemonia de Roma, etc. LUTERO aparece cada vez mais como porta-voz da Alemanha independente e orgulhosa, e perde o controlo sobre a vaga de fundos que desencadeou no seu país. A cada ataque quelhe é feito responde com veemência, com truculência, com todo o vigor polémico.
E em 1520 LUTERO escreveu os três principais textos reformadores, em que assume uma ruptura frontal com Roma e com o papado: À nobreza cristã da nação alemã, A Igreja no cativeiro da babilónia, e Da liberdade do cristão. Numa destas obras chama ao papa o ‘’Anticristo’’; noutra refere-se-lhe como ‘’o maior dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • história das ideias politicas
  • História das Ideias Políticas e da Cidadania
  • Historia das ideias politicas
  • Historia das ideias politicas
  • Historia das ideias politicas e sociais
  • História do poder e das ideias politicas
  • historia das ideias politicas
  • Fichamento: história das ideias políticas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!