História da teologia cristã

Páginas: 26 (6379 palavras) Publicado: 11 de abril de 2013
[pic]



TEOLOGIA HISTÓRICA

RESUMO DO LIVRO HISTÓRIA DA TEOLOGIA CRISTÃ









Trabalho apresentado como pré – requisito para obtenção de nota parcial na disciplina de: Teologia Histórica Orientador: Pr. Alexandre Segura








BY DANIEL ALVES DRUZIAN








SANTO ANDRÉ
JUNHO DE 2011DANIEL ALVES DRUZIAN



TEOLOGIA HISTÓRICA

RESUMO DO LIVRO HISTÓRIA DA TEOLOGIA CRISTÃ









Trabalho apresentado como pré – requisisito
para obtenção de nota parcial na disciplina
de: Teologia Histórica
Orientador: Pr. Alexandre SeguraAvaliado em_________/________/______ Resultado________



Examinador.







SANTO ANDRÉ
JUNHO DE 2011
HISTÓRIA DA TEOLOGIA


INTRODUÇÃO


A historia da teologia cristã pode, e deve, ser contada como se fosse uma historia. Está repleta de tramas complexas, fatos emocionantes, pessoas interessantes e idéias fascinantes. Ahistória da teologia cristã é a historia da reflexão cristã sobre a salvação, a natureza de Deus e da revelação.
A história da teologia cristã começa no século II, cerca de cem anos depois da morte e ressurreição de Cristo, com o inicio da confusão entre os cristãos do Império Romano, tanto dentro quanto fora da igreja.


Primeiro ato:

Visões cristãs conflitantes no século II

-Críticos e sectários provocam confusão

Os grandes perturbadores do cristianismo apostólico no século II foram os gnósticos, Montano e os montanistas e o orador anticristão Celso.
O gnosticismo é um rótulo genérico aplicado a uma grande variedade de mestres e escolas cristãs que existiam as margens da igreja primitiva e que chegaram a se tornar um grande problema para oslideres cristãos no século II. Cerinto talvez tenha sido um dos primeiros mestres gnósticos e perturbadores do cristianismo do final do século I.
Muitos cristãos do século II foram atraídos para o gnosticismo por ele se mostrar como uma forma especial da verdade cristã, mais sublime, melhor e mais espiritual do que os bispos ensinavam ás massas incultas e impuras.
O montanismo: Montanofoi um sacerdote pagão da região da Ásia Menos chamada Frigia que se converteu ao cristianismo em meados do século II. Rejeitava a crescente fé na autoridade especial dos bispos e dos escritos apostólicos.
Montano reuniu á sua volta um grupo de seguidores em Papuza e construiu ali uma comunidade. Duas mulheres, Priscila e Maximila, uniram-se a ele, e o trio passou a profetizar o breveretorno de Cristo á sua comunidade e a coordenar os bispos e lideres das principais sés metropolitanas, como destituídos de vida, corruptos e até mesmo apóstatas. Falando na primeira pessoa como se Deus, o Espírito Santo, falasse diretamente através deles.
Celso: Escreveu um livro por volta de 175 ou 180 contra essa fé intitulado A verdadeira doutrina: um discurso contra os cristãos. O conteúdodo livro foi preservado, na integra, para a posteridade pelo filosofo e teólogo cristão Orígenes de Alexandria, que deu sua resposta em Contra Celsum.
Celso e seus ataques céticos e filosóficos representaram grave ameaça à credibilidade do cristianismo em um período em que o imperador, que era intelectual, julgava indivíduos e grupos no seu império segundo sua capacidade intelectual esuas crenças.
A crença básica de todos os gnósticos era de que este cosmo é incurável e deve ser rejeitado. Além de uma explicação da maldade inerente da criação, o gnosticismo oferecia uma solução espiritual para o individuo, um meio de se salvar desse ambiente incurávelmente maligno e voltar para o verdadeiro lar da alma.
Pais da igreja do século II escreveram contra...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • história da teologia cristã
  • BREVE RELATO DE HISTÓRIA DA TEOLOGIA CRISTÃ
  • Teologia Cristã
  • Introdução a teologia cristã
  • teologia crista ecologica
  • História da Teologia
  • A História da Teologia
  • Teologia na história

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!