História da maquiagem

Páginas: 8 (1768 palavras) Publicado: 5 de novembro de 2012
Há 3300 a.C., surgiram os primeiros registros da maquiagem. Os homens pintavam os rostos com pigmentos ocres (argila) e negros, extraídos de minerais moídos e diluídos em água para assustar seus inimigos e reverenciar os deuses em seus rituais religiosos e de caça. Com o tempo a pintura no rosto passou a identificar o grupo ao qual os caçadores e guerreiros pertenciam.
A história da maquiagemcomeça no Antigo Egito onde os faraós tinham nas perucas coloridas formas de distinção social e consideravam a maquiagem dos olhos ponto de destaque fundamental para evitar olhar diretamente para Rá, o Deus-Sol. As misturas de metais pesados devam o tom esverdeado para impregnar e proteger as pálpebras dos nobres. Cleópatra bem representou o ideal de beleza daqueles tempos: imortalizou seutratamento banhando-se em leite, cobrindo a face com argila e maquiando seus olhos com pó de khol.

Dizia-se que Popéia Sabina, segunda mulher do imperador Nero, tinha a pele muito branca graças ao resultado de constantes banhos em leite de jumenta. Ela lançou moda e todas as romanas abastadas eram dadas às máscaras noturnas, onde ingredientes como farinha de favas e miolo de pão se combinavam ao leitede jumenta diluído para formar papas de beleza. Mas a verdade é que a bela complementava seu tratamento de clareamento da pele maquiando as veias dos seios e testa com tintura azul. Esta aparência translúcida foi imitada em misturas de giz, pasta de vinagre e claras de ovos durante muitas décadas.

Até a Renascença italiana esse mesmo alvaiade era usado durante o dia pelas lindas mulheresnobres, que à noite cobriam suas faces com emplastros de vitelo cru molhado no leite afim de minimizar os efeitos nocivos causados pelo alvaiade (carbonato básico de chumbo, empregado em pintura).
No Japão, do século IX ao XII, período de Heian, a valorização da pele branca era regra geral. Para obter a aparência extremamente clara as mulheres aplicavam um pó espesso e argiloso feito de farinha dearroz, chamado oshiroi. Depois passaram também a usar o beni, pasta feita do extrato de açafrão, para colorir as maçãs do rosto.


Na Roma antiga a indignação masculina frente aos artifícios femininos de usar produtos para maquiagem está registrada em obras imortais, como escreveu Ovídio "... Seu artifício deve permanecer insuspeito. Como não sentir repugnância diante da pintura espessa em suaface se dissolvendo e escorrendo até seus seios? Por que tenho de saber o que torna sua pele tão alva?...". Andreas de Laguna, o médico espanhol do Papa Julius III, dizia que a maquiagem das mulheres era tão espessa que dava para cortar "a nata da torta de queijo de cada uma das bochechas". Os líderes religiosos também expressavam sua indignação, no relato de São Jerônimo fica evidente a reprovaçãodo ato de maquiar-se, visto como força do mal e da impureza. "... O que faz essa coisa púrpura e branca no rosto de uma mulher cristã, atiçadores da juventude, fomentadores da luxúria, e símbolos de uma alma impura?...".
No final do século XVIII, o Parlamento inglês recebeu a proposta de uma lei que tentava impor sobre as mulheres a mesma penalidade, por adorno, que era imposta por bruxaria. Otermo desobrigava de suas responsabilidades os maridos que haviam se casado com uma "máscara falsa": "Todas as mulheres que, a partir deste ato tirarem vantagem, seduzirem ou atraírem ao matrimônio qualquer súdito de Sua Majestade por meio de perfumes, pinturas, cosméticos, loções, dentes artificiais, cabelo falso, lã de Espanha, espartilhos de ferro, armação para saias, sapatos altos ou anquilhas,ficam sujeitas à penalidade da lei que agora entra em vigor contra a bruxaria e contravenções semelhantes e que o casamento, se condenadas, seja anulado...".
Mas apesar da postura radical da igreja e dos costumes rígidos, com os desenvolvimentos científicos o ato de pintar os lábios tornou-se moda desde o século XVII, quando as pomadas coloridas tornaram-se mais acessíveis e seguras. Ainda no...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • História da maquiagem
  • história da maquiagem
  • historia da maquiagem
  • a historia da maquiagem
  • HISTÓRIA DA MAQUIAGEM
  • Historia da maquiagem
  • Historia da maquiagem
  • A história da maquiagem

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!