Hipertrofia Muscular

Páginas: 5 (1181 palavras) Publicado: 4 de junho de 2015
Universidade do Oeste de Santa Catarina
Unidade de Chapecó
Curso: Educação Física – Bacharel/ 3ª fase
Componente Curricular: Fisiologia Geral
Professor(a): Mônica Raquel Sbeghen
Acadêmico(a): Karoline Hoff
Data: 02/06/2015


RESENHA CRÍTICA: HIPERTROFIA DO MÚSCULO ESQUELÉTICO: ASPECTOS FISIOLÓGICOS, CELULARES E MOLECULARES

YAMADA, André Katayama. Hipertrofia do músculo esquelético: Aspectosfisiológicos, celulares e moleculares. Piracicaba, 2008.
André Katayama Yamada. Escavador, disponível em: . Acesso em: 26/05/2015.
FERNANDES, Tiago et al. Determinantes moleculares da hipertrofia do músculo esquelético mediados pelo treinamento físico: Estudo de vias de sinalização. MACKENZIE, São Paulo, v.7, n.1, 2008.
Hipertrofia Muscular – Uma abordagemdidática. Disponível em: . Acesso em: 26/05/2015.
ARRUDA, Carla Coelho do Couto Oliveira et al. Influência nutricional na hipertrofia muscular. DIGITAL, Buenos Aires, v.19, n.196, set. 2014.
MELONI, Victor Hugo Maciel. O papel da hiperplasia na hipertrofia do músculo esquelético. BRAS. CINE. DES. HUM., Cuiabá. 2005.

Oartigo a ser abordado para tratar do assunto Hipertrofia do Músculo Esquelético, foi desenvolvido por André Katayama Yamada, nascido no dia 26 de dezembro de 1985 em Taubaté – São Paulo. Graduado em Educação Física (Bacharelado), pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) em 2009. No ano de 2010, realizou seu mestrado em Ciências da Motricidade (Biodinâmica da Motricidade Humana) pelaUniversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP – Rio Claro), Instituto de Biociências, com apoio CAPES. Além disso, desenvolveu projetos com Imunologia do Exercício e Performance Humana e Fisiologia Endócrino-Metabólica e Exercício em Humanos e Animais.
Atualmente está doutorando em Ciências do Movimento Humano (PPGCMH) pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) na Linha deAvaliação e Reabilitação Funcional. Além de ser integrante do Grupo e do Laboratório de Plasticidade Neuromuscular, desenvolve pesquisas com os Efeitos de Suplementos Nutricionais e Treinamento Físico na Regeneração Muscular de Modelos Experimentais, e possui experiência na área da Fisiologia do Exercício, com ênfase em Plasticidade Muscular.
O presente artigo “Hipertrofia do Músculo Esquelético:Aspectos fisiológicos, celulares e moleculares” publicado por Yamada por volta do ano de 2008, nos propõe a entender um pouco mais sobre os aspectos da hipertrofia muscular, desde os mecanismos fisiológicos até os moleculares.
Inicialmente, iremos atentarmos ao conceito de Hipertrofia, que basicamente, refere-se ao aumento do volume das células como forma de adaptar-se a qualquer estímulo quepossa ocorrer. Para uma definição mais precisa e aprofundada dentro de um conceito mais elaborado, a hipertrofia muscular esquelética é conhecida pelo aumento da área de secção transversa do músculo esquelético a partir da biossíntese de novas estruturas envolvidas na contração muscular, sendo uma das principais adaptações geradas no músculo em decorrência do treinamento físico (GLASS, 2005,GOLDSPINK, 2003).
O artigo relata que o músculo esquelético possui fibras, de funcionalidades específicas, que se ajustam por vários fatores, como por exemplo, doenças, nutrição, genética e principalmente pelo treinamento físico.
É importante salientar que, segundo Goldspink (1998), esse treinamento deve ser resistido, ou seja, deve gerar um alto nível de tensão para as fibras musculares a fim de causaruma adaptação vinculada a degradação muscular. Além disso, afirma que ao estimular uma musculatura, estará quebrando as ligações internas, gerando, dessa forma, uma inflamação (micro-lesão) no local. Entretanto, nos alerta que após o treino, essa condição vai se invertendo até que começa a acontecer a síntese proteica (preenchimento dos locais degradados com proteínas específicas localizados na...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • hipertrofia muscular
  • Hipertrofia muscular
  • hipertrofia muscular
  • hipertrofia muscular
  • Hipertrofia muscular
  • Hipertrofia Muscular
  • Hipertrofia muscular
  • A hipertrofia muscular

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!