Hipertensão Intracraniana

Páginas: 18 (4285 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014

Hipertensão Intracraniana

DEFINIÇÃO
Hipertensão intracraniana (HIC) é o aumento da pressão intracraniana (PIC) acima de 15 mmHg. A calota craniana rígida contém o tecido cerebral (1.400g), sangue (75ml) e líquido cefalorraquidiano (LCR; 75ml). O volume e a pressão desses três componentes estão, em geral, em um estado de equilíbrio. A hipótese deMonro-Kellie afirma que, em virtude do espaço limitado para a expansão dentro do crânio um aumento qualquer um desses componentes provoca uma alteração no volume dos outros ao deslocar ou movimentar o LCR, aumentando a absorção do LCR ou diminuindo o volume sanguíneo cerebral. Sem essas alterações a PIC começara a elevar-se. Aumentos agudos deste líquido, como no edema cerebral (vasogênico ou citotóxico) ena hidrocefalia (edema intersticial), podem elevar a PIC. Lesões expansivas do tipo hemorragia, tumor ou abscesso também elevam a PIC, principalmente pelo edema que se forma ao redor destas lesões. Sob circunstâncias normais, as alterações menores no volume sanguinio e no volume do LCR ocorrem constantemente quando existem alterações na pressão intratorácica ( tosse, espirro, esforço), postura epressão arterial, bem como diante de flutuações nos níveis gasométricos do sangue arterial. A PIC normal varia de 10 a 20 mmHg.

CAUSAS
As principais causas de HIC podem ser divididas em:
1- Lesões expansivas cerebrais, hemorragia, abscesso, toxoplasmose, tumor.
2- Meningoencefalites e encefalites.
3- Encefalopatia metabólica, com destaque para a insuficiência hepática aguda e ahiponatramia aguda.
4- Hidrocefalia hiperbárica.
5- Trombose do seio sagital superior.
6- HIC benigna (pseudotumor cerebri).

FISIOPATOLOGIA E COMPLICAÇÕES
A PIC aumentada é uma síndrome que afeta muitos pacientes com condições neurológicas agudas, porque as condições patológicas modificam a relação entre volume e pressão intracranianos. Embora uma PIC elevada esteja mais comumente associada aotrauma craniano, ela pode ser notada como um efeito secundário em diversas outras condições, como tumores cerebrais, hemorragias subaracnóides e encefalopatias tóxicas e virais. A PIC aumentada devido a qualquer causa afeta a perfusão cerebral, produz distorção e desloca o tecido cerebral.


Sempre que tiver edema cerebral significativo, ou uma massa ocupando espaço que surgiu de forma aguda(ex.: hematoma), ou ainda um acúmulo rápido de fluido no interior dos ventrículos cerebrais, isto é, um aumento do conteúdo sem aumentar o continente (crânio). Em crianças pequenas, as suturas entre os ossos cranianos são flexíveis o bastante para permitir o aumento da cavidade craniana, um fenômeno impossível em crianças maiores e adultas. Por outro lado, quando um edema, uma hidrocefalia ou umalesão se expande lentamente, a adaptação do tecido cerebral pode evitar uma HIC grave, permitindo que o paciente permaneça assintomático ou oligoassintomático... Quais são as conseqüências da HIC?
Na HIC grave, surge o rebaixamento do nível de consciência, que pode chegar ao estado de coma. Dois fenômenos explicam o estado de coma na HIC: (1) compressão uni ou bilateral do tálamo e domesencéfalo (estes são os dois componentes do sistema reticular ascendente, responsável pelo estado de vigília), (2) hipofluxo cerebral, pela redução da pressão de perfusão cerebral, responsável pelo fluxo sanguíneo cerebral.

Fluxo Sanguíneo Cerebral (FSC):
É determinado pela pressão de perfusão cerebral (PPC) e pela resistência arteriolar (R). Podemos dizer que o fluxo é proporcional à pressão deperfusão e inversamente proporcional à resistência. A pressão de perfusão (PPC), por sua vez, é dada pelo gradiente PAM – PIC, sendo PAM = pressão arterial média. Para garantir uma perfusão cerebral adequada, este gradiente deve ser mantido acima de 70 mmHg. Por exemplo, se a PAM for 100 mmHg, uma PIC superior a 30mmHg já pode ser responsável por um importante hipofluxo cerebral, levando à perda da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Hipertensão intracraniana
  • Hipertensão intracraniana
  • O Enfermeiro na Hipertensão Intracraniana
  • Relato de caso da assistência de enfermagem prestada a paciente com neoplasia, AVC e hipertensão intracraniana.
  • hipertensao
  • Aterosclerose intracraniana
  • Pressão intracraniana
  • Hipertensão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!