Hipertensão arterial sistêmica

Páginas: 7 (1559 palavras) Publicado: 3 de junho de 2011
1. Introdução
    A hipertensão arterial sistêmica - HAS (chamada também crônica) é caracterizada por níveis excessivamente altos de pressão arterial. Este tipo de manifestação orgânica mostra uma incidência crescente, em âmbito mundial nas últimas décadas, apresentando, um aumento acentuado em relação a outras enfermidades, de tal forma que já representa um dos maiores problemas de saúdepública da atualidade1.
    Considerada ao mesmo tempo, uma doença e um fator de risco, esta enfermidade atinge adultos acima de 35 anos de idade e é geralmente desconhecida pela metade dos portadores e entre aqueles que conhecem seu problema. Somente a metade deles recebe algum tipo de assistência médica para seu controle3. A HAS pode ser definida como o aumento da pressão arterial sistólica de 140 mmHg ou mais e pressão arterial diastólica de 90 mm Hg ou mais2.
    O aumento da pressão arterial com a idade não representa um comportamento biológico normal. Prevenir esse aumento é a maneira mais eficiente de combater a hipertensão arterial, evitando as dificuldades e o elevado custo social do tratamento e de suas complicações4. A prevenção primária da elevação da pressão arterial pode serobtida através de mudanças no estilo de vida, que incluam o controle do peso, da ingestão excessiva de álcool e sal, do hábito de fumar e da prática de atividade física4,5,9.
    Estudos recentes indicam que existem evidências, a médio e longo prazo, que os exercícios aeróbicos auxiliem na redução do peso e nos níveis de pressão sistólica e diastólica6,7,8,20. Parece então, razoável recomendar apromoção do exercício como estratégia de saúde pública para prevenção e terapia da hipertensão arterial8.

2. Efeitos do exercício físico no hipertenso
    A prevenção e o tratamento da hipertensão através de intervenções não medicamentosas vem conquistando vários adeptos, médicos e pacientes, estão utilizando esta estratégia terapêutica com mais freqüência, desfrutando dos seus benefícios a médioe longo prazo10,12.
     O tratamento farmacológico poder reduzir os níveis pressóricos em indivíduos hipertensos, porém medicamentos anti-hipertensivos podem não ser indicados a todos, por terem alto custo, e trazer conseqüências indesejáveis para a saúde12,13,20. Por isto tratamento da hipertensão através da atividade física (não farmacológico) vem recebendo grande atenção. Embora a eficácia daatividade física no tratamento não-farmacológico da pressão arterial não deixe dúvidas, apenas 75% dos pacientes hipertensos são responsivos ao treinamento físico12.
    Das diversas intervenções não medicamentosas, o exercício físico está associado a múltiplos benefícios. Bem planejado e orientado de forma correta, quanto a sua duração e intensidade, pode ter um efeito hipotensor importante.Uma única sessão de exercício físico prolongado de baixa ou moderada intensidade provoca queda prolongada na pressão arterial11.
    Porém alguns fatores devem se ser considerados para alcançar os efeitos hipotensores do treinamento. É necessária uma padronização quanto à intensidade, freqüência e duração das sessões12.
    Os efeitos fisiológicos do exercício físico podem ser classificados emagudos imediatos, agudos tardios e crônicos14,15. Os agudos (respostas), são relacionados com a sessão de exercício, ocorrem nos períodos pré-imediatos, per e pós-imediato rápido (até alguns minutos) ao exercício físico (aumento da FC, da pressão sistólica e pela sudorese associada ao esforço). Estes efeitos são aqueles observados durante as 24 ou 48 horas (às vezes até 72 horas) após uma sessão deexercício e podem ser identificados na discreta redução dos níveis tensionais (especialmente nos hipertensos), na expansão do volume plasmático, na melhora da função endotelial e no aumento da sensibilidade insulínica nas membranas das células musculares15. Os efeitos crônicos, também denominados adaptações, (bradicardia relativa de repouso11,15,16, hipertrofia ventricular esquerda fisiológica e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Hipertensão Arterial Sistêmica
  • HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTEMICA
  • Hipertensão arterial sistêmica
  • Hipertensão arterial sistemica
  • Hipertensão arterial sistêmica:
  • Hipertensão arterial sistêmica
  • A Hipertensão Arterial Sistêmica
  • Diretriz de Hipertensão Arterial Sistemica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!