Hein

Páginas: 18 (4497 palavras) Publicado: 29 de abril de 2013
nada muito escuro, nada muito claro... o que permeia a sombra é o equilíbrio, é o mistério que o claro expõe e o escuro esconde. A sombra suscita curiosidade, medo, sensualidade. A sombra evoca complexidade da mais simples forma. A sombra do ser sugere sua existência, jamais quem é o refletido. A sombra do objeto sugere existência e até utilidade, nunca as possibilidades de uso. As possibilidadessão do soberano ser, que faz o que quer do que ver, do que tem...

Uma juventude com tantos recursos informativos e a tão desinformada.

No epitáfio sob o qual algum dia minha carne repousará só haverá de ter registro do meu nome, dia em que vim e dia em que parti. O epitáfio representará o ínfimo de quem sou, o simplório de quem fui. Essa tábula chega a ser um crime, atentado ao pudor detudo que somos. Acho mesmo que em cada bela e colorida cova deveria ter a biografia do espírito daquele corpo, só assim haveria honra nesse pedaço de chão. Isso é missão para os que ficam. Mas para aqueles que ali repousam...

Sou imortal até que me provem o contrário. Porque enquanto a morte não chegar e me levar, assim como todos que pisam em terra, acreditarei plenamente em minha imortalidadeu.u. É deveras emocionante viver a esperança convicta do comprimento infinito do tempo. Eu posso viver crendo nisso, mesmo que os mortais digam que é ilusão. Balela! só uma data, o prenuncio de uma doença fatal ou um suspiro inescapável, daqueles que furtam a vida em instante de segundos, poderá provar que não é verdade a vida eternamente blindada a foice do homem de capa preta.

'Você acreditano que quer acreditar, não no que realmente é.''

"Ministério é pelo outro, não por você. Ministério é serviço e não auto-promoção" (Helena Tannure)

Passei um tempo alheia a vida, a vida inteira, ao mundo, a minha própria.
Passei um tempo tratando dos meus conflitos internos e me desliguei quase que totalmente da terra.
Talvez tenha me prejudicado ou talvez prejudicado meu futuro, mas euvivo o presente e o presente me pediu trégua, não acho que deva sentir-me culpada.
Acho que cada ser em si percebe o que lhe faz bem, eu o fiz.
O mundo diz que deve-se fazer coisas que não se gosta para então ter o que se gosta, pura enganação. Isso é mais um infame discurso capitalista, e minha crítica já decidiu ignorar grande parte das filosofias desse sistema, a vida não é pré suposta, a vidatem por característica ser verbo, digo ao mundo: conjugue-a direito!!!! Viver a vida, a vida é para ser vivida, viva a vida. Eu vivooooo!

Criança, criança é para brincar. A educação elitista e permeada pela filosofia oriental mata a infância de muitos, destrói o poder criativo nato dos pequenos.
Agora pense, quando já não for o que de fato valerá? O que restará? O que sobreviverá?

Porque davida eu só quero o melhor

Não sei mais o que fazer das minhas noites durante a semana. Em relação aos finais de semana já desisti faz tempo. Tô fora de dançar os hits das rádios e ter meu braço ou cabelo puxado por um garoto que fala ‘tipo assim’, ‘gata’, ‘iradíssimo’. Tinha me decidido a banir a palavra “balada” da minha vida e só sair de casa para jantar, ir ao cinema ou talvez um ou outrobarzinho. Mas a verdade é que por mais que eu ame minhas amigas, a boa música e um bom filme, sinto falta de um amor. Me pergunto onde foi parar a única coisa que realmente importa e é de verdade nesta vida: a tal da química. Mas então onde, meu Deus? Onde vou encontrar gente interessante? Até quando vou continuar achando todo mundo idiota demais pra mim e me sentindoo mais idiota de todos? Foientão que eu descobri. Ele está exatamente no mesmo lugar que eu agora, pensando as mesmas coisas, com preguiça de ir nos mesmos lugares furados e ver gente boba, com a mesma dúvida entre arriscar mais uma vez e voltar pra casa vazio ou continuar embaixo do edredom lendo mais algumas páginas do seu mundo perfeito. A verdade é que as pessoas de verdade estão em casa. Não é triste pensar que quanto...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • hein..
  • Hein?!
  • Hein
  • nem sei hein
  • olha ae que coisa hein
  • Bla de mour
  • dificil conseguir ler um trabalho de voces hein
  • Vim falar sobre trabalhos ou nao hein

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!