HEGEL

Páginas: 2 (308 palavras) Publicado: 6 de abril de 2015
HEGEL
Esse filosofo acreditava em Deus. Afirmava que, a verdade universal é a que vem de um conflito, e que tudo no mundo muda inclusive Deus. Defendia também que oconflito é necessário na vida do ser humano, senão o sentimento fica guardado gerando, dessa forma, violência. Ademais, assegurava que nada é por acaso e que aconversa com o espirito é necessária, para não seguir o pensamento em rebanho.
FEUERBACH
Era contra Deus, pois acreditava que esse foi criado pelo homem, e que era apenas ummal necessário e também um ópio do povo. Esse filosofo afirmava que como o homem não é perfeito ele criou Deus, para ser perfeito. Ademais, dizia que Deus detonava ohomem, pois falava que o ser humano era pecador e que estava sujeito a ir para o inferno.
SHOPENHAUER
Afirmava que o homem estava condenado ao eterno desejo, pois ele éparte e não um todo. Em sua tese, certificava que a vida é um eterno pendulo, que está sempre em busca e oscilando entre o tedio e a dor, dessa forma, asseguro entãoque o tedio não era o fim já que esse era buscado de novo. Além disso, asseguro que a arte era um modo de fugir da dor, e que era bom sentir dor e tedio para querersair deles. Em seus relatos, defendia que não existia a verdade plena, uma vez que ao chegar nela não teria mais o que buscar.
KARL MARX
Criticava que do feudalismotinha surgido o capitalismo, pois acreditava que essa ideia foi invenção dos burgueses. Defendia também que, todos uma hora iriam falir e que o capitalismo ia entrar emcrise, por excesso de produção, já que ia chegar um ponto que ninguém iria comprar mais. Afirmava também que a luta de classe vinha do der vir, uma vez que tudo muda.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Hegel
  • Hegel
  • Hegel
  • Hegel
  • Hegel
  • Hegel
  • Hegel
  • hegel

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!