Harry Potter e a cibercultura

Páginas: 8 (1840 palavras) Publicado: 6 de agosto de 2013
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS – POÇOS DE CALDAS





TRABALHO DE PANORAMAS DA COMUNICAÇÃO DIGITAL
Harry Potter
















06 de Junho de 2013
Vem se formando no ciberespaço uma cultura popular na qual os sujeitos detém enorme importância, fazendo do espaço virtual um lugar cada vez mais rico de interações, conhecimentos e trocas que modificam demaneira real as várias esferas da sociedade. As novas tecnologias estão mudando as velhas mentalidades e atitudes que são, em grande parte, baseadas em uma cultura de massa em que a posse do polo emissor é apenas da grande mídia, que difunde seus interesses de forma única.
Com a cibercultura em formação, existe uma maior possibilidade de participação e engajamento dos usuários, especificamente,em comunidades de fãs que criticam, modificam, adaptam e até mesmo recriam o conteúdo das mídias.
Dentro desse contexto, de um novo tipo de cultura em formação e com o avanço das novas tecnologias, surgem as narrativas transmidiáticas, conceito abordado por Jenkins em seu livro “Cultura da Convergência”, onde usa o exemplo da trilogia Matrix, mas nesse texto em questão usaremos a saga de HarryPotter como exemplo principal.
Primeiramente, é preciso compreender as bases do conceito explorado, que vem da convergência midiática, fenômeno que se caracteriza não pela simples agregação de mídias de forma puramente somatória, mas da convivência de vários suportes midiáticos, ou seja, da interdependência entre eles. Nesse sentido, uma Narrativa Transmidiática pode ser compreendida como umanarrativa que se desdobra nos diferentes suportes midiáticos e eles possuem certa dependência entre si. O temo “certa dependência” foi assim empregado porque uma narrativa pode se desdobrar de forma mais livre em determinado suporte, caso o produtor assim desejar.
Jenkins afirma que hoje em dia o consumidor está cansado da repetição enfadonha de conteúdos nos diferentes suportes, porque o que ele queré novidade, inovação, para que o cenário desenvolvido inicialmente seja cada vez mais explorado, exaurido, para que não acabe, para que as boas sensações causadas por aquele primeiro contato com a “franquia” - usaremos este termo, sejam revividas ou prolongadas. Entretanto, nem sempre essa narrativa transmidiática acontece, devido à falta de colaboração da indústria midiática.
Uma narrativatransmidiática de sucesso certamente deve ter as características de ativador e atrator cultural. Esse conceito é utilizado por Pierre Lévy, autor citado por Jenkins. Lévy afirma que um ativador cultural é responsável por formar uma base, uma comunidade de adoradores de determinada obra de arte. Já o atrator cultural, é reponsável por impulsionar a redescoberta, tradução da obra. Para o sucesso de umanarrativa transmidiática, o autor afirma que cada acesso à franquia deveria ser independente, para que o indivíduo não precisasse gostar de uma vertente para gostar da outra e a compreensão conseguida através das variadas mídias possibilita uma profundidade de experiência que estimula ainda mais o consumo.
Baseando-se nesse conceito, o autor afirma que quase nenhuma franquia conseguiu alcançara riqueza estética proporcionada pela transmediação. Mas se contrapondo a essa afirmação, podemos observar superficialmente um surgimento frenético de franquias promissoras, com velocidade tal qual a era digital é capaz de fornecer.
Jenkins complementa seu raciocínio ainda com os conceitos de “Narrativa Sinérgica” e “Autoria Cooperativa”, que tratam sobre estratégias de trabalho dos grandesprodutores de jogos e filmes, incluindo os irmãos Wachowksi (Matrix) e a EA Games, a empresa do jogo da saga Harry Potter. Segundo ele, a tendência para que as franquias deslanchem é a cooperação entre suas diversas vertentes, para que uma sinergia de ideias seja criada, ao invés da individualidade na produção que outras empreitadas se aventuraram a fazer e falharam.
Apoiando-se nesse sinergia de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Harry Potter
  • Harry potter
  • harry potter
  • Harry potter
  • Harry potter
  • Harry potter
  • Harry potter
  • Harry potter

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!