guia do mochileiro das galaxias

Páginas: 211 (52571 palavras) Publicado: 26 de agosto de 2013
Adoramos Ler:
O Guia do Mochileiro das Galáxias
Douglas Adams
Tradução de:
Paulo Fernando Henriques Britto e Carlos Irineu da Costa

“Para Johnny Brock e Clare Gorst e todo o pessoal de Arlington, que me deu
chá, dimpatia e um sofá.”

Sobre a Digitalização desta Obra:
Esta obra foi digitalizada para proporcionar de maneira totalmente
gratuita o benefício de sua leitura àqueles que nãopodem comprá-la ou
àqueles que necessitam de meios eletrônicos para ler. Dessa forma, a venda
deste e-livro ou mesmo a sua troca por qualquer contraprestação é totalmente
condenável em qualquer circunstância.
A generosidade é a marca da distribuição, portanto:
Distribua este livro livremente!
Se você tirar algum proveito desta obra, considere seriamente a
possibilidade de adquirir ooriginal.
Incentive o autor e a publicação de novas obras!

Brasil, Outubro de 2004.

Prefácio
Desde tempos imemoriais houve menos que meia dúzia de mortais cujas
mentes foram capazes de contemplar o universo em sua totalidade: Einstein,
Hubble, Feynman e Douglas Adams são os nomes que surgem em meu cérebro
comparativamente ínfimo e inútil. Destes poucos gênios especiais, Douglas
Adams é, semdúvida, o pensador mais hilariantemente original, embora seja
consenso geral que Einstein era melhor dançarino de funk.
O Guia do Mochileiro das Galáxias começou sua história como uma série de
rádio e, depois, uma compilação em fita cassete. Transformado em livro,
tornou-se um best-seller mundial e foi parar, de forma curiosa, na televisão
britânica.
Com uma galeria de personagens bizarros etantas viradas abruptas na
trama que você se sentirá em uma montanha-russa, O Guia do Mochileiro é, sem
dúvida, uma das mais criativas e cômicas histórias de aventura jamais escritas.
Arthur Dent, um inglês azarado, escapa de um evento dramático - a destruição
da Terra -, graças a um amigo de Betelgeuse que, enquanto estava ilhado em
nosso planeta, havia se disfarçado de ator desempregado.Arthur se vê
arrastado, apesar de seus protestos histéricos (bem, "histérico" dentro da
habitual fleuma britânica), para as situações mais alucinadas nos pontos mais
distantes do tempo e do espaço.
O que realmente sustenta este livro hilariante, através de sua viagem
freneticamente bizarra pela galáxia rumo ao legendário planeta de Magrathea e além -, é a pergunta profunda sobre o porquê. Deonde viemos? Por que
estamos aqui? Para onde vamos? Onde vamos almoçar hoje?
Além disso, enquanto Arthur tenta se entender com as formas de vida
mais estranhas e os nomes ainda mais estranhos dessas formas de vida
estranhas, nosso anti-herói descobre a verdadeira história da Terra e a resposta
final à grande pergunta da Vida, do Universo e Tudo o Mais. No geral, um
resultado bastantesatisfatório, devo dizer.
Mas o que torna a escrita de Douglas Adams tão hipnótica? Além do fato
de ser considerado por muitos como "um dos autores mais perspicazes de
nossos tempos",1 ele também se envolveu profundamente com a literatura e a
ciência. A leitura, o humor, os animais selvagens e a tecnologia eram suas
grandes paixões, e ele soube reunir esses interesses aparentemente disparatados
comtoda a concisão e energia de um supercondutor de partículas atômicas,
inundando seus leitores com um dilúvio feroz de hilariantes conceitos abstratos
e teorias perversamente avançadas. Você não precisa saber nada a respeito de
física nuclear ou biologia para apreciar sua obfa; porém, quanto mais souber,

mais agradáveis os livros se tornarão. Um exemplo clássico é o engenhoso
gerador deimprobabilidade infinita, que impulsiona a nave espacial de nossos
heróis por todos os pontos da Galáxia em um único instante. Este conceito
diabolica-mente inteligente parece, ao menos para mim, ser diretamente
derivado do conceito de "abordagem de somatório através da história", ou da
"abordagem de caminho integral" da física quân-tica, conforme concebido por
Richard Feynman, ganhador do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Guia do mochileiro das galáxias
  • Resenha O guia do mochileiro das Galáxias
  • Relatório do Filme "O Guia do Mochileiro das Galáxias"
  • Resenha: o guia do mochileiro das galáxias (douglas adams)
  • Resenha sobre o livro: O guia do mochileiro das galáxias
  • Mochileiro das Galáxias
  • O Guia Dos Muchileiros Da Galáxia
  • galáxias

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!