Guerra Santa

Páginas: 8 (1790 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
O conceito de Guerra Santa pode assumir diferentes perspetivas e propósitos mediante a religião pela qual nos estamos a orientar.
No cristianismo, somente na alta Idade Média surgiu a noção de Guerra Santa, como instrumento ao qual a Igreja recorreu para defesa de interesses superiores da ordem religiosa, mais concretamente, da "civilização cristã". Esta guerra nasceu da necessidade de opor umaresistência de toda a Cristandade às invasões dos Bárbaros, Muçulmanos e, por fim, dos Otomanos. A guerra contra os não-cristãos foi tida por Guerra Santa, daí a bênção pública e solene das armas. Só após o desagregamento do império carolíngio o Papado tomou a seu cargo estas guerras (séc. X), das quais as mais populares foram as Cruzadas.A Guerra Santa para os muçulmanos tem também um carácterofensivo: para eles a jihâd é a luta contra os inimigos de Deus, principalmente os politeístas, e a própria difusão do Islão através das armas. A Guerra Santa para fazer imperar os direitos de Deus sobre as criaturas, fazendo parte da luta constante e universal para, por todas as formas, abolir o mal e cultivar o bem. Não é, portanto, Guerra Santa a que é motivada por interesses de ordem política oureligiosa.
As raízes do conceito de "guerra santa" estão fincadas nos principais livros das duas religiões. No Antigo Testamento - que compõe a primeira parte da Bíblia cristã -, a ocupação da Canaã (região da Palestina) no século 6 antes de Cristo pelos judeus vindos do Egito sob liderança de Moisés, narrada no "Livro de Josué", mostra a conquista da Terra Prometida, com a expulsão dos seusocupantes, e a divisão dela entre as tribos judaicas. A narrativa enfatiza que a luta pela conquista da Terra Prometida foi feita com a ajuda de Deus, o que a justificou totalmente.
Doze séculos depois da conquista de Canaã pelos judeus, Maomé, fundador do Islamismo, irá definir no Alcorão que um último recurso da "jihad" - obrigação religiosa de todo muçulmano na difusão do Islamismo - é se engajarfisicamente numa guerra contra todos os infiéis e inimigos da fé islâmica. Como para os muçulmanos o Alcorão representa a palavra de Deus (ou Alá, como eles chamam o Todo-Poderoso), lutar contra aqueles que não acreditam no Islã é uma guerra em nome de Deus. Assim como foram as Cruzadas, movimento militar-religioso ocorrido entre os séculos 11 e 13 no qual tropas dos reinos cristão europeuslutaram contra os árabes pelo controle da Terra Santa (região da Palestina) com o objetivo de manter os lugares sagrados do Cristianismo sob o domínio da civilização cristã ocidental.

Para seus defensores, as "guerras santas" são sempre por uma "boa causa", que pode estar justificada em textos sagrados ou em teses desenvolvidas por teólogos e pensadores religiosos, às vezes motivadas pornecessidades políticas ou militares de manutenção, expansão ou luta pelo poder. Nos tempos modernos, principalmente no Ocidente cristão, o conceito de "guerra santa" é visto como uma abominação anacrônica, mas nem sempre foi assim. Por outro lado, em muitos países muçulmanos do Oriente Médio, a ideia de "guerra santa" ainda remete a um passado glorioso, a tempos em que o expansionismo árabe e do Islã oslevou a ser um dos maiores impérios do mundo.

Um dos muitos fatores que podem explicar essa diferença está na gênese da ideia de guerra santa entre as duas grandes religiões monoteístas. O Cristianismo desenvolveu primeiro o conceito, mas não a partir do que Jesus teria pregado e sim com a "conversão" do Império Romano à crença cristã durante o reinado do imperador Constantino, no século 4, edevido a necessidade do Império defender-se das ameaças dos invasores bárbaros. No Islamismo, que surge dois séculos depois, o conceito de "guerra santa" está presente desde seus primeiros dias de existência, expresso nas palavras de Maomé, seu principal profeta, registradas no Alcorão.

Guerra santa cristã

Soldados cristão enfrentam soldados muçulmanos durante a Primeira Cruzada no século 11
©...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Uma guerra santa entre chargistas
  • A guerra santa liberou o comércio
  • A guerra santa na blogosfera cristã
  • Guerra Santa em Países Cristãos: A Cruzada Albigense
  • GUERRA DO CONTESTADO
  • santa
  • Santa
  • As guerras das guerras

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!