Guerra do Iraque

8097 palavras 33 páginas
A Guerra do Iraque também referida como Ocupação do Iraque[2] ou Segunda Guerra do Golfo,[3] ou Terceira Guerra do Golfo ou ainda como Operação Liberdade do Iraque (em inglês: Operation Iraqi Freedom),[4] foi um conflito que começou a 20 de Março de 2003 com a invasão do Iraque, liderada pelos Estados Unidos e encerrou a 18 de Agosto de 2010.
O principal motivo para a guerra oferecido pelo ex-presidente norte-americano George W. Bush, pelo ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair, e os seus apoiantes foi de que o Iraque estava desenvolvendo armas de destruição maciça.[5][6] Estas armas, argumentava-se, ameaçavam a segurança mundial.[7] No discurso do estado da União de 2003, Bush defendeu que os Estados Unidos não poderiam esperar até que a ameaça do líder iraquiano Saddam Hussein se tornasse eminente.[8][9] Para justificar a guerra, alguns responsáveis norte-americanos referiram também que havia indicações de que existia uma ligação entre Saddam Hussein e a Al-Qaeda. Apesar disso não foram encontradas provas de nenhuma ligação substâncial à Al-Qaeda.[10]
A guerra começou a 20 de Março de 2003, quando forças largamente americanas e britânicas, apoiadas por pequenos contingentes da Austrália, da Dinamarca e da Polônia invadiram o Iraque. A invasão levou pouco tempo até à derrota e à fuga de Saddam Hussein. A coligação liderada pelos Estados Unidos ocupou o Iraque e tentou estabelecer um governo democrático; no entanto falhou na tentativa de restaurar a ordem no Iraque. A instabilidade levou a um conflito assimétrico com a insurgência iraquiana, guerra civil entre muitos iraquianos sunitas e xiitas e as operações da Al-Qaeda no Iraque. Como resultado do seu fracasso em restaurar a ordem, um número crescente de países retiraram as suas tropas do Iraque. As causas e consequências da guerra mantêm-se controversas.
1991-2003: Os inspetores da ONU e as zonas de voo interditadas
Após a Guerra do Golfo de 1991, a resolução nº 687 do Conselho de Segurança das Nações

Relacionados

  • Guerra no iraque
    11116 palavras | 45 páginas
  • Guerra Iraque
    414 palavras | 2 páginas
  • Guerra do Iraque
    897 palavras | 4 páginas
  • Guerra do iraque
    317 palavras | 2 páginas
  • A guerra do iraque
    504 palavras | 3 páginas
  • guerra do iraque
    11861 palavras | 48 páginas
  • Guerra do Iraque
    23669 palavras | 95 páginas
  • Guerra do Iraque
    920 palavras | 4 páginas
  • guerra do iraque
    1598 palavras | 7 páginas
  • Guerra do Iraque
    556 palavras | 3 páginas