Graduando

Páginas: 26 (6327 palavras) Publicado: 11 de abril de 2014
1 INTRODUÇÃO
1.1 PROBLEMATIZAÇÃO
Como é a convivência social do indivíduo com esquizofrenia?
1.2 JUSTIFICATIVA
A esquizofrenia é um dos mais graves transtornos mentais, caracterizada
com a falta de consciência da realidade, este distúrbio resulta no comprometimento
na vida social, afetiva e produtiva do indivíduo. A falta de informação, a demora em
obter o diagnóstico sobre estetranstorno prejudica significativamente o tratamento.
A relação entre o transtorno da esquizofrenia com a sociedade muitas das vezes é
caracterizado por preconceitos e interpretações inexatas sobre o transtorno deste
modo há um processo de exclusão e a piora da aceitação da realidade, este
indivíduo por sua vez ou se fecha em seu mundo ou vivenciará suas alucinações.
Estudos e pesquisasepidemiológicas apontam que a causa específica deste
transtorno ainda é desconhecida, porém consideram a vulnerabilidade e estresse
como fatores de grande influência, segundo Ministério da Saúde e Secretaria de
Atenção à Saúde (2013) cerca de 0,6% da população sofre com os transtornos
esquizofrênicos, há variações de 0,3% dependendo da interpretação do diagnóstico,
ou seja, seguindo a hierarquia dossintomas sem distinção de sexo, no Brasil atinge
1% da população.
Por isso é de extrema importância conhecer, pesquisar e desenvolver
métodos de atenção aos sintomas característicos, para que quanto antes o
tratamento for executado o indivíduo com esquizofrenia possa ter melhor qualidade
de vida e adaptação na sociedade, diminuindo os prejuízos, os preconceitos e a
exclusão, buscando areinserção e o convívio adequado deste indivíduo.
1.3 OBJETIVOS
1.3.1 Primário
Observar a interação do indivíduo com esquizofrenia na convivência social.
1.3.2 Secundários
Caracterizar a esquizofrenia.
5
Descrever comportamentos do indivíduo com esquizofrenia perante a
sociedade.
Conhecer as razões de descriminações perante o indivíduo com
esquizofrenia.
6
2 REVISÃO TEÓRICA
2.1 HISTÓRIA BREVESOBRE O TRANSTORNO ESQUIZOFRENIA.
Segundo Lewis e Buchanan (2012), a esquizofrenia se caracteriza por um
transtorno mental, cuja personalidade é distorcida, perturbação grave que altera a
realidade com fantasias. Estudos sobre o transtorno ganha varias significâncias ao
longo da história, os primeiros sintomas apareceram no período pré-clássico, o
diagnóstico sobre os sintomas eramdenominados de forma mítica, subjetiva, forças
sobrenaturais que tomavam posse do corpo do indivíduo provocando
comportamentos alterados, consideravam este fenômeno como castigo por atos
imorais.
Rocha (2005), explica que antigamente os sintomas que se classificavam
como agressivos eram atribuídos a forças exteriores de demônios, maus espíritos,
forças ocultas. Dessa forma as pessoas eram tratadascom rituais religiosos e
mágicos.
Na Grécia e na Roma os diagnósticos das doenças mentais ganham
cuidados e olhar mais naturalista, os estudiosos procuraram descrever a paranóia,
os delírios, e a “destruição” das funções cognitivas buscando compreender o
comportamento apresentado (LEWIS; BUCHANAN, 2012).
Segundo Rocha (2005), Hipocrates, filósofo da época, em seus estudos não
podia atribuiras alterações de comportamento a deuses ou espíritos, dessa forma
classificou como influência, histeria pós-parto, manias, melancolia, histeria. Outros
filósofos estudaram a alma como sede do sistema nervoso, em outros estudos
desencadeados, o resultado foi que o amor e o ódio influenciariam no
comportamento humano.
Ao longo da idade média a concepção do período clássico ganha
novamenteforça, os médicos da época seguiam os conceitos de grandes filósofos
como Hipocrates, Aristóteles e Galeno desta forma as superstições e a moralidade
delimitavam o diagnóstico do comportamento psicótico. Esta visão só mudaria no
período do renascimento nos séculos XVII e XVIII, quando os grandes hospitais
estudariam a melhor compreensão da mente. Estes estudos levaram a uma
compreensão dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • graduando
  • Graduando
  • Graduando
  • Graduando
  • graduando
  • graduando
  • Graduando
  • Graduando

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!