Globalizaçao

Páginas: 5 (1038 palavras) Publicado: 3 de novembro de 2011
FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA

PABLO DIAS RESENDE

GLOBALIZAÇÃO E MASSIFICAÇÃO DA CULTURA

UBERLÂNDIA

2011

BÁRBARA ARANTES FRANCISCO

FERNANDA ALVES S. VILELA

PABLO DIAS RESENDE

PATRÍCIA RIOS RESENDEGLOBALIZAÇÃO E MASSIFICAÇÃO DA CULTURA

Atividade avaliativa apresentada à Faculdade Pitágoras de Uberlândia (MG), como requisito parcial para aprovação na disciplina Homem, Cultura e Sociedade, referente ao segundo período, do curso de Bacharel em Direito.

Prof.: Carlos Resende

Uberlândia

2011“A globalização encurtou as distâncias métricas, aumentando muito mais as distâncias afetivas".  

Jaak Bosmans

ÍNDICE

1 - Globalização ................................................................................................ 05
2 –Sociedade de Massa.................................................................................... 06
3 – Bibliografia .................................................................................................. 07
4 – ANEXOS – Biografias ................................................................................ 08

GLOBALIZAÇÃO

A Globalização é um fenômeno capitalista e complexo, iniciado na era dos descobrimentos, mas que só sedesenvolve com a revolução industrial. Mas seu conteúdo passa despercebido por muito tempo.

A globalização foi dividida por três etapas. A nova onda, a segunda onda e a terceira onda.
Primeira onda – Ocorreu entre 1870 e 1914, com o aumento do fluxo internacional de capitais e mão-de-obra. A renda per capita mundial aumentou, com convergência entre os países globalizados, aumento da pobrezaentre os excluídos e distanciamento destes em relação aos países desenvolvidos.
Segunda onda – Ocorreu entre 1950 e 1980, envolvendo a integração comercial dos países ricos (Europa, Estados Unidos, Canadá e Japão). Nesse segundo período, os países exportadores de produtos primários teriam ficado isolados dos fluxos internacionais de capitais. Os países ricos obtiveram elevadas taxas de crescimentodo produto e convergência da renda entre eles. No resto do mundo o número de pobres continuou a crescer, com pouca melhoria na distribuição de renda internamente e entre os países subdesenvolvidos.
Terceira onda - Iniciada em 1980, foi estimulada pelo desenvolvimento dos meios de comunicação e transporte, pela invenção da Internet, bem como pela disposição dos diferentes países de reduziremtarifas e de se abrirem ao comércio e aos investimentos internacionais. Pela primeira vez países de renda baixa e média, envolvendo três bilhões de pessoas, conseguiram inserir sua abundante mão-de-obra no mercado global de manufaturados e serviços. Assim, as exportações industriais dos países em desenvolvimento passaram de 25% do total, em 1980, para cerca de 80% em 1998. Os países de maiorparticipação no comércio e investimentos globais são China, Índia, México, Brasil e Hungria.

Os países que não conseguiram a inserção no processo de globalização estão crescendo menos e isso envolve cerca de dois bilhões de pessoas. Nos anos de 1990, eles acumularam um crescimento negativo de mais de 1%, contra um crescimento de 2,1% para os países ricos e cerca de 5% para as economias em desenvolvimentomais globalizadas. Nestes últimos países o número de pobres está se reduzindo substancialmente, principalmente na China (o número de pobres nas áreas rurais caiu de 250 milhões em 1978, para 34 milhões em 1999), Índia, Uganda e Vietnã. Da mesma forma, o trabalho infantil diminuiu e a matrícula nas escolas aumentou. O Banco Mundial estima que a pobreza nos países não globalizados tenha se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Globalização
  • Globalização
  • globalização
  • globalização
  • Globalização
  • GLOBALIZAÇÃO
  • Globalização
  • Globalização

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!