Gestão Sistemica

Páginas: 127 (31562 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
UNIVERSIDADE DE LISBOA
FACULDADE DE LETRAS
DEPARTAMENTO DE LINGUÍSTICA GERAL E ROMÂNICA

PROCESSAMENTO
DA CO-REFERÊNCIA PRONOMINAL.
INFORMAÇÃO SINTÁCTICA E SEMÂNTICA
SARA MATIAS MORGADO

Dissertação orientada por:
Professora Doutora Maria Armanda Costa
Professora Doutora Maria Gabriela Matos

MESTRADO EM LINGUÍSTICA
2011

Resumo

Resumo
Este trabalho tem como objectivoanalisar o processamento da co-referência de pronomes
nulos e realizados em interacção com o papel temático do antecedente. Duas experiências foram
realizadas: a primeira, relativa à retoma anafórica interfrásica, envolveu 24 estudantes universitários,
nativos de Português Europeu, os quais leram pares de frases justapostas com um nexo temporal. A
segunda frase tinha um sujeito pronominal e, atravésde uma tarefa de controlo da interpretação da
cadeia referencial, os informantes eram forçados a escolher um antecedente para o sujeito
pronominal da segunda frase. Usou-se o programa PsyScope para apresentação dos itens
experimentais em tempo controlado. As variáveis dependentes foram a percentagem de escolha do
antecedente para o pronome (sujeito ou objecto da primeira frase) e o tempo deresposta em
milissegundos. Os

resultados

indicam

uma

clara

preferência por

retoma

de

sujeito

independentemente do papel temático deste, assim como uma utilização semelhante do pronome
nulo e do pronome realizado na retoma de sujeito.
A segunda experiência, relativa à retoma anafórica intrafrásica em frases concessivas, com a
ordem subordinante subordinada, envolveu 20estudantes universitários e consistiu num
questionário em suporte papel cuja metodologia era semelhante à experiência anterior. Os
resultados são bastante diferentes dos da primeira experiência e confirmam dados já existentes
relativamente a estruturas coordenadas: o pronome nulo retoma preferencialmente um
antecedente em posição de sujeito, enquanto o pronome lexical retoma um antecedente emposição
de objecto. Nesta experiência, o papel temático do antecedente obteve resultados estatisticamente
significativos, tendo em conta o tipo de pronome: o pronome lexical prefere retomar um
antecedente que não esteja semanticamente proeminente, como é o caso do objecto directo Tema
em frases activas e do sujeito Tema em frases passivas.
Conclui-se, à semelhança de outros estudos (Costa,2003/ 2005; Mayol, 2010), que, na coreferência intrafrásica, os dois pronomes não são sensíveis aos mesmos factores: o pronome nulo
recupera sempre o antecedente sintacticamente proeminente, sendo, portanto, sensível a factores
exclusivamente sintácticos. O pronome lexical, pelo contrário, é sensível a factores semânticos,
recuperando o antecedente semanticamente menos proeminente.Palavras-chave: processamento, co-referência pronominal, papéis temáticos, pronomes nulos,
pronomes realizados.

iii

Processamento da co-referência pronominal. Informação sintáctica e semântica

Abstract
The aim of this work is to analyse the processing of co-reference with null and lexicalised
pronouns along with the thematic role of the antecedent. Two experiments have been made: in the
firstone, regarding inter-sentential co-reference, participated 24 university students, all Portuguese
native speakers, who read pairs of independent sentences that were temporally connected. The
second sentence had a pronominal subject and, by a task that controlled the interpretation of the
referential chain, the informants had to choose an antecedent for that pronominal subject. PsyScopeprogramme was used for the presentation of the experimental items with controlled time. The
dependent variables were the percentage of choice of the antecedent for the pronoun (subject or
object of the first sentence) and answering time in milliseconds. The results show a clear preference
for retrieving the subject regardless of its thematic role, as well as a similar use of the null and the...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Gestão Sistêmica
  • Visao Sistemica Da Gestao Ambiental
  • Abordagem sistêmica para a gestão
  • Gestão Sistemica
  • “GESTÃO POR COMPETÊNCIAS – UMA ABORDAGEM SISTÊMICA”
  • OS CAMINHOS DA GESTÃO SISTÊMICA NAS ORGANIZAÇÕES
  • Modelos de Gestão Sistemica
  • Analise visão sistêmica da Gestão de pessoas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!