Gestão de pessoas - dependencia quimica

Páginas: 28 (6913 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
O encontro da sombra no trabalho-dependência: como ultrapassar o tirano interior

Em alguns sectores da sociedade ocidental, acredita-se que o trabalho é a vida. Vivemos para trabalhar, em vez de trabalharmos para viver. Achamos que todas as horas do nosso dia devem ser passadas a trabalhar, ganhar a vida e obter segurança para o futuro. O tempo que dedicamos à alma é, assim, dramaticamentecurto. O tempo vai-nos escravizando à medida que dias de trabalho de oito horas se transformam em dias de doze horas. O fim- de-semana desaparece, porque queremos compensar o tempo perdido a ler, escrever ou acabar o trabalho que levamos para casa. Os prazos funcionam com uma guilhotina que paira, omnipresente, sobre as nossas cabeças. Este comportamento nada tem a ver com a nossa relação com a almae com tempo para a alma. Em vez de nos sentirmos sintonizados com os ciclos naturais do nosso corpo e das estações do ano, em vez de experimentarmos a ausência do tempo em actividades criativas, sentimos que estamos sempre com falta de tempo. O tempo tornou-se um bem escasso que se mede em milésimos de segundo. Como resultado dessa angústia, começamos a usar a cafeína, ou pior ainda, a cocaína,para nos estimularmos. Lutamos contra os ciclos naturais do descanso e da necessidade de devaneio. Acabamos por perder o contacto com o nosso corpo, que se arrasta penosamente no emprego como uma máquina sem alma. Alguns trabalhores-dependentes desenvolvem sintomas estranhos: fadiga crónica, insónia, impotência, dores de cabeça, depressão, e dependências múltiplas. No Japão, onde algumas companhiasinstalaram alojamentos que se assemelham a colmeias, para que os trabalhadores não precisassem de ir a casa dormir, o governo inventou um novo termo: karoshi, que descreve os efeitos das práticas laborais que alteram os ritmos das pessoas e conduzem a um crescendo de fadiga, que pode, em última análise, conduzir ao suicídio ou a uma doença mortal. Para alguns, o trabalho-dependência é uma forma dealiviar a ansiedade que resultaria de uma análise do nosso vazio interior e dos sentimentos de depressão que experimentamos. Só que, em vez de tentarmos sondar as profundezas da nossa ansiedade, refugiamo-nos no trabalho. Tal como a dependência das drogas e do álcool, que camuflam as necessidades da alma ao tapá-las com um estimulante químico, o trabalho-dependência adiciona cimento à fortalezada nossa negação. A sua devoção míope e simplista a um trabalho desempenhado de forma eficiente fecha os nossos olhos para o que estamos realmente a fazer. Para começarmos a lidar com o trabalho-dependência como um problema da sombra, precisamos de desmascarar a personagem que transforma o nosso lugar de trabalho num campo de batalha no qual temos de lutar com inimigos. Hércules, o herói grego,admirado pela sua força e auto-confiança, pode estar por detrás de alguns trabalhores-dependentes, incitando-os constantemente a ultrapassar forças opostas. Outros menos heróicos, mas igualmente aliciados por esse tipo de combate, podem precisar de descobrir o deus que se esconde por detrás da sua eficiência perfeccionista ou da sua sede insaciável de bens materiais. Quando quebramos a identificaçãocom essa figura paterna que exige que só trabalhemos e não nos recriemos, poderemos separar o nosso trabalho da nossa identidade como seres humanos, adquirir mais liberdade interior no seio do próprio trabalho e, eventualmente, adquirir uma maior capacidade de tomar decisões, tal como aconteceu com a nossa paciente, Pam. Com trinta e oito anos, Pam ocupava, há já alguns anos, um cargo financeiroimportante na indústria do vestuário em Nova Iorque. Quando veio pela primeira vez a uma sessão de terapia,

trabalhava sessenta horas por semana, entrava a altas horas da noite num apartamento vazio, e sentia-se sem forças e sem esperança para dar mais sentido à sua vida. Como todos trabalhavam muitíssimo na companhia, a sua personagem de trabalhora-dependente sentia-se à vontade nesse mundo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pessoa pública e a dependência química
  • A PESSOA E A DEPENDÊNCIA QUÍMICA
  • Qual é o estilo de vida de pessoas que superaram a dependência química
  • Dependência Química
  • Dependencia quimica
  • Dependência quimica
  • dependência quimica
  • Dependência Química

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!