Gestão de mudanças: a sua influencia sobre o clima organizacional e nivel de produtividade.

Páginas: 7 (1582 palavras) Publicado: 10 de junho de 2011
Artigo publicado na revista Meio Ambiente Industrial Ano XIII, Edição 77 (Jan/Fev, 2009) www.meioambienteindustrial.com.br

Gestão de mudanças
Nasario de S. Filipe Duarte Junior (São Paulo – SP)

Resumo: Este artigo pretende discutir a questão de mudanças organizacionais planejadas, e fornecer orientações válidas. As mudanças são inevitáveis e fazem parte da vida. Já dizia Heráclito porvolta do ano 500 a.C. “Não se pode pisar o mesmo rio duas vezes”, referindo-se ao fato que a água, ao correr, modifica o próprio rio. Se for certo que não se pode evitar as mudanças, podemos ao menos tentar nos adaptar a ela, mudando conjuntamente ou antecipadamente. Esta adaptação, para ser bem sucedida, requer certo nível de gerenciamento, de maneira a evitar ou minimizar os problemas reais oupotenciais destas mudanças (acidentes, reclamações de clientes, desgastes entre pessoas da organização, retrabalhos, inércia, não conformidades etc.). Mas o que é mesmo mudança? Mudar é sinônimo de transformação ou deslocamento. Numa organização, a mudança de condições de trabalho (máquinas, métodos, meioambiente, matéria-prima, mão-de-obra, meio de medição, molde/ferramenta, etc.), mesmo que estamudança seja um simples deslocamento ou rearranjo de coisas, transforma esta mesma organização, como o correr da água modifica o rio de Hieráclito, mesmo que seja em uma pequena parte dela. Esta transformação faz modificar o equilíbrio dinâmico que a organização mantém com seu meio-ambiente (clientes, fornecedores, concorrentes, entre outros), pela Teoria da Complexidade, para que a organização retomeum novo equilíbrio e não se desvie para o caos, deverá haver um “atrator”, ou seja, um fator (ex.: uma liderança, objetivos claros, procedimentos etc.), para o qual a organização volte a “orbitar”. A mudança portanto envolve riscos. Para entender um pouco melhor o processo de mudança, é necessário classificar os tipos de mudança, em função de sua duração, significância, evolução e origem. Oquadro a seguir resume esta classificação: Complexidade Simples: poucos fatores envolvidos simultaneamente Complexa: muitos fatores envolvidos simultaneamente Significância Significativa: grande diferença entre os estágios anterior e posterior à mudança Não-significativa: pouca diferença entre os estágios anterior e posterior à mudança Evolução Gradual: a mudança ocorre gradativamente (ex.: kaizen)Repentina: a mudança acontece rapidamente (ex.: reengenharia) Origem Natural: a mudança não segue um planejamento, nem tem um objetivo claro Planejada: a mudança segue um plano e tem um objetivo claro.

Poderíamos ainda dizer que existem mudanças temporárias e permanentes, do ponto de vista do período em que estas devem vigorar. As mudanças que nos interessam são obviamente aquelas complexas,significativas e planejadas. Obviamente também, em geral as mudanças graduais são mais bem aceitas e envolvem menores riscos, mas o contrário também pode ser verdade, dependendo da situação. Também se pode dizer que as mudanças naturais podem ser benéficas ou não, e muitas vezes significam perda de controle dos processos envolvidos.

Artigo publicado na revista Meio Ambiente Industrial Ano XIII,Edição 77 (Jan/Fev, 2009) www.meioambienteindustrial.com.br

Admite-se ainda que uma mudança só se completa quando passa a fazer parte da cultura da organização, ou seja, dos valores aceitos pela organização e do comportamento de seus membros. Uma mudança organizacional significativa complexa planejada bem sucedida é, portanto, aquela que gera relevantes transformações nos valores e comportamentosdos membros da organização. O processo de mudança planejada, também chamado Gestão de Mudança, é basicamente um processo de gerenciamento de riscos. Riscos são a produtória de probabilidade de ocorrência e severidade de efeitos. Os riscos mais importantes na Gestão da Mudança são: o de não se concretizar a mudança, da mudança não atingir os objetivos propostos e o de surgimento de efeitos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • CLIMA ORGANIZACIONAL E A INFLUÊNCIA NA GESTÃO DE VENDAS
  • Clima organizacional e Produtividade
  • NIVEIS DE INFLUÊNCIA DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
  • Níveis de Influencia da Estrutura Organizacional
  • Clima, cultura e mudança organizacional
  • Cultura clima e mudança organizacional
  • a influência do clima organizacional nas empresas
  • Influência do clima organizacional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!