Gerenciamento de Escopo

Páginas: 19 (4503 palavras) Publicado: 28 de agosto de 2014
Projeto “Parakart Day”

EQUIPE “SINERGIA”:
• A
• G
• J
• L
• M
• M• R











GERENCIAMENTO DE ESCOPO DE PROJETOS
Maria Isabel Sanches Machado Coelho de Castro, Especialista





Conteúdo
1. TERMO DE ABERTURA 3
1.1. Justificativas do projeto (necessidades do negócio) 3
1.2. Objetivos do projeto 3
1.3. Descrição do produto do projeto 4
1.4. Premissas(hipóteses) 4
1.5. Restrições 4
1.6. Designação do Gerente do Projeto 5
1.7. Acompanhamento do Projeto 5
2. Declaração do escopo 6
1.8. Justificativas do projeto (necessidades do negócio) 6
1.9. Objetivos do projeto 6
1.10. Produto do projeto 7
1.11. Estratégias de condução do projeto 7
1.12. Exclusões do escopo 8
1.13. Premissas (hipóteses) 8
1.14. Restrições 9
1.15. Ligações com outrosprojetos 10
1.16. Acompanhamento do Projeto 10
1.17. Equipe de planejamento do projeto 10
3. WBS 12
4. Dicionário da WBS 15


1. TERMO DE ABERTURA
1.1. Justificativas do projeto (necessidades do negócio)
A participação em diferentes atividades para portadores de necessidades especiais tem recebido atenção crescente da indústria de serviços e entretenimento, que aumenta regularmente aoportunidade destes indivíduos experimentarem sensações, que frequentemente são impossibilitados pelas barreiras físicas, ambientais e sociais. Dentre estas atividades destaca-se o esporte, muitas vezes indicado como ferramenta de readaptação social desde a fase inicial do processo de reabilitação destes indivíduos.

O desenvolvimento do esporte para pessoas portadoras de deficiências físicas tem suaorigem creditada ao processo de reabilitação dos veteranos da II Guerra Mundial, particularmente na Inglaterra e nos Estados Unidos. Segundo informações do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), existem 24,5 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência. Isso significa que a cada 100 pessoas, 14 apresentam alguma limitação física ou sensorial. Mesmo com números tãoexpressivos, poucos têm acesso à saúde, à educação e, principalmente, ao esporte e lazer.

O espírito competitivo existente nestes portadores de limitação física é geralmente alto, tanto pela própria vontade de vencer quanto de mostrar-se capaz. Entretanto, o acesso ao esporte e lazer nem sempre é fácil devido especialmente às condições econômicas e sociais desfavoráveis.

Em 2008, pensando emcontribuir para que pessoas especiais (paraplégicos) que desejam praticar ou voltar a praticar esporte, na modalidade automobilismo, o empresário Neidyr Cunha Filho comprou alguns karts e os adaptou para serem utilizados por deficientes físicos, criando a categoria ”Parakart”, que desde o seu início conta com o apoio/patrocínio das seguintes empresas:
• Kartódromo Internacional da Granja Viana –cede seu espaço para realização do campeonato
• Prefeitura do Município de São Paulo – apóia institucionalmente a categoria através da inclusão do campeonato no Calendário de Eventos da Prefeitura;
• Refrigerantes Dolly – patrocinadora o kit de segurança utilizado pelos pilotos (macacão, balaclava, capacete e luvas)

Atualmente a modalidade é disputada em dois campeonatos - ambos reconhecidos eapoiados pela CBA – Confederação Brasileira de Automobilismo, entidade que regulamenta e supervisiona o automobilismo esportivo no Brasil e representa o País junto a FIA - Federação Internacional do Automobilismo. Um dos certames é disputado em São Paulo: a Copa São Paulo de Parakart que tem dez etapas disputadas no Kartódromo Internacional Granja Viana em Cotia (SP), e o Campeonato Brasileiro,cujo local é alternado anualmente. Em sua primeira edição, em julho deste ano o evento foi realizado no Kartódromo Raceland, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba (PR).

Em função dos custos envolvidos na manutenção dos karts - bancados quase que integralmente pelo Sr. Neidyr - foi solicitada a criação de um modelo de negócios que garanta a sustentabilidade dos parakarts e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • gerenciamento de escopo
  • Gerenciamento do Escopo
  • Gerenciamento do escopo
  • Gerenciamento do escopo
  • gerenciamento do escopo
  • Gerenciamento de escopo
  • Gerenciamento de escopo
  • gerenciamento escopo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!