Geoinformação para estudos demográficos

Páginas: 162 (40367 palavras) Publicado: 21 de maio de 2012
SILVANA AMARAL KAMPEL

GEOINFORMAÇÃO PARA ESTUDOS DEMOGRÁFICOS: REPRESENTAÇÃO ESPACIAL DE DADOS DE POPULAÇÃO NA AMAZÔNIA BRASILEIRA.

Tese apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do título de Doutor em Engenharia, junto ao Departamento de Engenharia de Transportes.

São Paulo 2003

SILVANA AMARAL KAMPEL

GEOINFORMAÇÃO PARA ESTUDOS DEMOGRÁFICOS:REPRESENTAÇÃO ESPACIAL DE DADOS DE POPULAÇÃO NA AMAZÔNIA BRASILEIRA.

Tese apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do título de Doutor em Engenharia. Área de Concentração: Informações Espaciais Orientador: Prof. Dr. Gilberto Câmara

São Paulo 2003

Este exemplar foi revisado e alterado em relação à versão original, sob responsabilidade única do autor e com aanuência de seu orientador. São Paulo, 23 de dezembro de 2003. Assinatura do autor ____________________________ Assinatura do orientador _______________________

FICHA CATALOGRÁFICA

Kampel, Silvana Amaral Geoinformação para estudos demográficos: representação espacial de dados de população na Amazônia Brasileira / S.A. Kampel. -- ed.rev. -- São Paulo, 2004. 166p. Tese (Doutorado) - EscolaPolitécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Transportes. 1.Geoinformação 2.Demografia I.Universidade de São Paulo. Escola Politécnica Departamento de Engenharia de Transportes II.t.

O meu olhar é nítido como um girassol. Tenho o costume de andar pelas estradas Olhando para a direita e para a esquerda, E de vez em quando olhando para trás... E o que vejo a cada momento Éaquilo que nunca antes eu tinha visto, E eu sei dar por isso muito bem... Sei ter o pasmo essencial Que tem uma criança se, ao nascer, Reparasse que nascera deveras... Sinto-me nascido a cada momento Para a eterna novidade do Mundo... Creio no mundo como num malmequer, Porque o vejo. Mas não penso nele Porque pensar é não compreender... O Mundo não se fez para pensarmos nele (Pensar é estardoente dos olhos) Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo... Eu não tenho filosofia; tenho sentidos... Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é, Mas porque a amo, e amo-a por isso Porque quem ama nunca sabe o que ama Nem sabe por que ama, nem o que é amar... Amar é a eterna inocência, E a única inocência não pensar... Alberto Caeiro, em "O Guardador de Rebanhos"

Dedico estetrabalho aos amores da minha vida: MILTON, ALEXANDRE E ANDRÉ.

AGRADECIMENTOS Agradeço a todos que direta ou indiretamente ajudaram a seguir meu caminho acadêmico e pessoal, alcançando mais esta etapa. À Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – POLI/USP, pela oportunidade de participar de seu programa de doutorado e utilização de suas instalações. Ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais– INPE, por investir na formação e prover condições para o crescimento acadêmico e profissional de sua funcionária. Aos professores da POLI pelo conhecimento compartilhado, em especial ao Dr. Quintanilha pela orientação inicial, pela oportunidade de participar de seu grupo de alunos, pelas revisões dos trabalhos que fizemos juntos, pelo apoio nas questões acadêmicas, pelo incentivo eprincipalmente pela amizade. Ao meu orientador Dr. Gilberto Câmara, pelo paradigma que a mim representa, pela orientação, amizade e apoio para a realização deste trabalho. Agradeço principalmente por me ensinar que não existem coisas difíceis, existe apenas o quê conhecemos e não conhecemos. Ao meu chefe e mentor Dr. Antônio Miguel, que prescindiu do meu trabalho para a Divisão, permitindo que me dedicasse aodoutorado, pela atenção, entusiasmo e por jamais desistir da minha pessoa. Agradeço ainda a infraestrutura que me proporcionou, o carinho nas horas difíceis e todas as críticas e sugestões. Aos colegas Wilfrid Schroeder (IBAMA), Wolney (IBGE), José Simeão (INPE) e Luis Maurano (PROARCO) pelos dados cedidos, sem os quais não teria sido possível a elaboração deste trabalho. Aos amigos Sidnei...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Estudo Demográfico da Região de Portugal
  • Métodos para estudo demográfico
  • Caracterização de estudante do ensino fundamental: um estudo sócio-demográfico
  • Geoinformação
  • Demografico
  • demografico
  • demografico
  • Geoinformacao tendencias

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!