gab1

Páginas: 37 (9133 palavras) Publicado: 16 de setembro de 2014
||IRBR14DIPL_001_02N176241||

CESPE/UnB – IRBr DIPLOMATA – Aplicação: 2014

PROVA OBJETIVA – PRIMEIRA FASE – PRIMEIRA ETAPA
LÍNGUA PORTUGUESA
Texto para as questões 1 e 2
Improviso do mal da América
1

4

7

10

13

16

19

22

[...]
Me sinto branco, fatalizadamente um ser de mundos que nunca vi.
Campeio na vida o jacumã que mude a direção destas igaras fatigadas
Efaça tudo ir indo de rodada mansamente
Ao mesmo rolar de rios das inspirações e das pesquisas...
Não acho nada, quasi nada, e meus ouvidos vão escutar amorosos
Outras vozes de outras falas de outras raças, mais formação, mais forçura.
Me sinto branco na curiosidade imperiosa de ser.
Lá fora o corpo de São Paulo escorre vida ao guampaço dos arranha-céus,
E dança na ambição compacta de dilúvios depenetras.
Vão chegando italianos didáticos e nobres;
Vai chegando a falação barbuda de Unamuno
Emigrada pro quarto de hóspedes acolhedor da Sulamérica;
Bateladas de húngaros, búlgaros, russos se despejam na cidade...
Trazem vodca no sapicuá de veludo,
Detestam caninha, detestam mandioca e pimenta,
Não dançam maxixe, nem dançam catira, nem sabem amar suspirado.
E de-noite monótonosreunidos na mansarda, bancando conspiração,
As mulheres fumam feito chaminés sozinhas,
Os homens destilam vícios aldeões na catinga;
E como sempre entre eles tem sempre um que manda sempre em todos,
Tudo calou de supetão, e no ar amulegado da noite que sua...
– Coro? Onde se viu agora coro a quatro vozes, minha gente!
São coros, coros ucranianos batidos ou místicos,
Home... Sweet home... Que sejamfelizes aqui!
[...]
Mário de Andrade. De pauliceia desvairada a café (Poesias Completas). São Paulo: Círculo do Livro S.A., p. 209-10.

QUESTÃO 1

A respeito do excerto acima, extraído do poema Improviso do mal da América, de Mário de Andrade, julgue (C ou E) os itens
subsequentes.
1

Os versos de 1 a 9 expressam a inanição do eu lírico resultante do desejo de “tudo ir indo de rodadamansamente” (v.3).

2

A hostilidade do eu lírico com os inúmeros migrantes que chegam a São Paulo tem como contraponto a acolhida a todos eles no
“quarto de hóspedes acolhedor da Sulamérica” (v.12).

3

Na descrição de alguns hábitos dos estrangeiros que chegam a São Paulo, predomina a perspectiva da cultura brasileira, como se
verifica principalmente nos versos “Detestam caninha,detestam mandioca e pimenta,/Não dançam maxixe, nem dançam catira, nem
sabem amar suspirado” (v.15 e v.16).

4

No primeiro verso do excerto, o eu lírico associa a percepção de se sentir branco ao pertencimento de realidades desconhecidas.
QUESTÃO 2

Com base no excerto do poema Improviso do mal da América, de Mário de Andrade, julgue (C ou E) os próximos itens.
1

No trecho “E como sempreentre eles tem sempre um que manda sempre em todos,/Tudo calou de supetão, e no ar amulegado da noite
que sua...” (v.20 e v.21), o conector “como” introduz uma oração subordinada que expressa a causa de tudo se calar “de supetão”.

2

No verso “E faça tudo ir indo de rodada mansamente” (v.3), o poeta utilizou a redundância como recurso expressivo, como evidencia
o caráter expletivo da forma deinfinitivo “ir”.

3

Os vocábulos “amorosos” (v.5) e “suspirado” (v.16) mantêm o mesmo tipo de relação sintática com os verbos que os precedem.

4

No verso “As mulheres fumam feito chaminés sozinhas” (v.18), a posição do adjetivo resulta em ambiguidade estrutural.

ADMISSÃO À CARREIRA DE DIPLOMATA – MANHÃ

–1–

||IRBR14DIPL_001_02N176241||

CESPE/UnB – IRBr DIPLOMATA – Aplicação:2014

QUESTÃO 3
1

4

7

10

13

16

19

22

25

28

31

34

QUESTÃO 4

Que me perdoem os devotos machadianos, eu prefiro
Euclides da Cunha e Lima Barreto, com todos os defeitos que
ambos possam ter, a Machado de Assis, com todas as suas
qualidades. E, até onde pude entender, Millôr Fernandes tem
opinião parecida com a minha. Tanto assim que, segundo
afirmou,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!