Gênero

Páginas: 23 (5530 palavras) Publicado: 5 de maio de 2015
ARTIMANHAS E DESEJOS: UM RECORTE SOBRE A PROSTITUIÇÃO NO
LITORAL NORTE PARAIBANO
Lívia Freire da Silva1
Resumo: Pretende-se entender a dinâmica da prostituição feminina na região da Baía da Traição,
cidade pertencente ao Litoral Norte paraibano, situada nas proximidades das terras de demarcação
potiguara, mapear como se dão as relações de vizinhança, de trocas econômicas e simbólicas,
conflitos esituação de violência, como se constroem as relações dentro e fora da comunidade
indígena, uma vez que o fluxo de trânsito aldeia\cidade é muito intenso, o cotidiano das mulheres
em situação de prostituição e entender como se deslocam e o porquê desse fenômeno, uma vez que
as mulheres em situação de prostituição nessa região estão sempre circulando de um Estado para o
outro. Percebe-se que asmulheres indígenas que se prostituem evitam se prostituir na região como
forma de resguardar suas identidades devido à comunidade ser pequena, então elas evitam essas
práticas como forma de evitar fofocas e mal estar na comunidade. Portanto, as mulheres que se
prostituem na área indígena são oriundas de outros Estados. A prática da prostituição aparenta um
mercado com possibilidades de mobilidade queexige um olhar além das interações entre estados de
origem e destinação, devido às redes de mobilidades serem amplas e conectarem vários espaços
sociais.
Palavras-chave: prostituição; cotidiano; reciprocidade; fluxo; mobilidade.
As representações sociais e seu contexto
A proposta deste artigo é fazer um estudo sobre prostituição feminina na região da Baia da
Traição e algumas aldeias indígenascircunvizinhas, a cidade da Baia da Traição pertence ao Litoral
Norte do estado da Paraíba, (esta pesquisa é parte contínua do que propus em minha monografia: a
vida no brega: etnografia sobre o cotidiano de mulheres em situação de prostituição e suas possíveis
tensões no Litoral Norte paraibano, onde estudei a prostituição em Mamanguape, região próxima a
área proposta aqui).

situada nasproximidades das terras de demarcação indígena Potiguara.

Entende-se que a região é marcada por constante fluxo cultural e de pessoas, diante desses
fenômenos é relevante pensar as dinâmicas sociais, as relações entre indígenas e não indígenas que
permeiam essa região e o poder de agencia dos indivíduos sociais, uma vez que estamos lidando
com pessoas concretas e que não são apenas passivas diante dasrelações sociais.
O campo de estudo está muito próximo á cidade de Rio Tinto que foi construída a partir da
construção de uma fábrica de tecido. Pensar no campo por esses aspectos também deduz que
possivelmente existem intercâmbios entre cidades dos trabalhadores fabris e rurais, esse fenômeno
gera economia e sociabilidade na região.

1

Universidade Federal do Rio Grande do Norte- UFRN.

1
SeminárioInternacional Fazendo Gênero 10 (Anais Eletrônicos), Florianópolis, 2013. ISSN 2179-510X

As pesquisas sobre prostituição tiveram um aumento considerado nos últimos dez anos
dentro das ciências sociais, isto é, vem crescendo tanto nas pesquisas antropológicas como nas
sociológicas e aparecem com novas abordagens e não apenas com o discurso vitimizador. Há uma
consideração importante em relação atrabalhos sobre a prostituição onde associam a prostituição ao
desenvolvimento urbano-industrial. No caso da área estudada a prostituição aparenta aumento bem
considerável em relação ao período sazonal, uma vez que a região sustenta-se economicamente
devido à pesca, agricultura e artesanato, sobretudo para as mulheres que trabalham em casa, ajudam
nas lavouras e fazem artesanato para venda. Aeconomia tem aumento devido a períodos acentuados
de pesca de lagosta e camarão, e períodos de estiagem para a agricultura e verão onde aparecem
mais turistas e a venda de artesanato aumenta consideravelmente.
Esses fatores fazem com que aumente consideravelmente a demanda da prostituição na
região que comporta mais mulheres do que o eventual devido aos pescadores de outras regiões
atracarem na...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • GENEROS
  • Genero
  • Gêneros
  • genero
  • Generos
  • Genero
  • generos
  • Generos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!