Género e identidades sociais

Páginas: 5 (1102 palavras) Publicado: 28 de maio de 2011
~

8.3. Género e identidades sociais

Introdução

Apesar serem muitas vezes utilizados como sinónimos, no dia-a-dia, sexo e género, são dois conceitos diferentes, pois o género refere-se (segundo o nosso livro de sociologia) ao ‘’processo de construção social e cultural do ser-se homem e mulher’’ enquanto o sexo, é apenas a diferença biológica entre o homem e a mulher. Logo após onascimento os homens e as mulheres são tratados de formas diferentes (socialização do género) o que leva a que os ‘’comportamentos, atitudes e formas de pensar e de sentir’’ sejam diferentes, em situações similares (identidade de género).

Ao nível social, homens e as mulheres, continuam a apresentar certas desigualdades, sendo que o poder masculino se continua a fazer sentir nos dias de hoje,apesar de ser menor do que no passado, devido em grande parte aos movimentos feministas, que lutaram (e continuam a lutar), durante anos pelos direitos das mulheres, mas também a medidas de discriminação positivas, com a lei da paridade e as ‘’quotas’’ para as mulheres em cargos da administração pública.

Desenvolvimento

1) O estereótipo presente no texto 63 é o de que os bebés do sexo masculinosão menos mimados e têm menos atenção por parte das mães pois estas querem que os filhos sejam fortes, apesar de os bebés deste sexo serem os que necessitam de uma atenção mais regular devido a chorarem mais que as bebés do sexo feminino. Há um estereótipo de que os homens têm de ser fortes, e assim sendo desde a nascença as mães preocupam-se com esse facto, havendo por isso uma menorsensibilidade relativamente ao choro dos bebés do sexo masculino.

2) Existem muitas diferenças entre rapazes e raparigas para além do aspecto físico, diferenças essas que estão patentes na maneira de agir, de se comportar, organizar, etc.

Ao nível das ocupações do espaço escolar não se notam tanto essas diferenças, pois tanto os rapazes como as raparigas partilham dos mesmos espaços, casos do portãoda escola, do bar, dos cafés à volta, entre outros.

Já na sala de aula as raparigas têm tendência a estar mais sossegadas e a organizarem melhor o seu trabalho que os rapazes, que são mais descontraídos ao nível de trabalhos na sala de aula e não se preocupam tanto, mas há excepções em todas as regras obviamente. Contudo, isso não significa que obtenham um melhor desempenho escolar, dado que nageneralidade os rapazes possuem um nível de inteligência superior, salvo raras excepções.

No que respeita às conversas, os rapazes têm tendência para falar mais de futebol, dos resultados dos jogos do fim-de-semana e dos casos polémicos existentes nesses jogos, falando também da política e toda a problemática que envolve a sociedade actual. Já as raparigas têm tendência a ter conversas maisfúteis e sem interesse algum à sociedade, baseando as suas conversas nos seguintes tópicos:

• Rapazes;

• Roupa;

• Maquilhagem;

• Bugigangas (malas, pulseiras, etc…)

Basicamente, falam de tudo o que para as raparigas são problemas e para os rapazes são coisas simples de resolver, sendo que na maioria das vezes têm conversas que podem ser denominadasde aborrecidas.

Os gostos das raparigas incidem mais nas questões relacionadas com roupas e acessórios, ou seja, passam a vida a sonhar em ir às compras para mostrar às suas amigas os seus novos trajes e utensílios que, muitas vezes, não são usados mais do que umas poucas vezes depois da compra. Os rapazes têm gostos diferentes, como por exemplo estar no café com os amigos já é considerado umdia bem passado, assim como andar pelas ruas sem fazer nada sem ser chatear os peões que passam na via pública, incomodando-os com um megafone, só para citar alguns exemplos (segundo as nossas observações atentas do espaço escolar a que pertencemos).

As raparigas e os rapazes têm estas diferenças porque sempre foram educadas dessa maneira, cresceram a ver tais hábitos e assimilaram-nos como...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Género e identidade social
  • Genero e Identidade social
  • Identidade social de gênero e o exercício da sexualidade.
  • identidade do genero
  • A identidade do género
  • genero e identidade de genero
  • identidade de genero
  • Identidade de Gênero

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!