Fundamentos Históricos e Téorico-Metodólogicos do Serviço Social 1

Páginas: 15 (3656 palavras) Publicado: 7 de novembro de 2013
UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP-FACNET
















ATPS – Fundamentos Históricos e Téorico-Metodólogicos do Serviço Social 1


















Taguatinga dia 07 de outubro de 2013

Relatório Científico

Quadro Teórico
Conhecer as questões sociais que surgiram ou foram agravadas em decorrência das havidas nasociedade a partir da Revolução Industrial.
Metodologia
Primária (Assistir ao filme TEMPOS MODERNOS (modern times), EUA, 1936.Direção: Charles Chaplin).
Secundária (Fazer anotações a respeito das questões sociais retratadas ao longo do filme).
Instrumentos
Primária (Filme TENPOS MODERNOS).
Secundário (Livros, jornais, revistas, dicionários e sites institucionais, sobre a questão social no Brasil).Análise de dados: Texto dissertativo-argumento que contempla a temática do Serviço Social no Brasil, em paralelo com o filme assistido.

Tempos Modernos
Análise Crítica

 
Produzido por Charlie Chaplin no ano de 1936, Temos Modernos  e se tornou uma das mais expressivas críticas, com o tema central asociedade industrial capitalista que o cinema promoveu, onde a desigualdade social é vista, e encarada de forma engraçada com fundos de verdade. O mundo capitalista veio, e com seus interesses os mais favorecidos foram os empresários.
O filme traz uma ideia real de tudo que ocorreu em meados de nossa história até as atuais consequências uma vez que no filme, são inúmeras as vezes que Charlesmostra em si mesmo o desejo de uma vida comum ou normal, com direito à uma vida digna, normal, podendo trabalhar, namorar, ter sua casa, uma família ser feliz, etc. Chaplin reforça seu desejo de não consumo em uma sociedade baseada no consumo.
Ele deixa notória a forma desumana como os trabalhadores são tratados, sem ter no mínimo a possibilidade de realização pessoal, uma vez que os mesmos nãoapenas trabalham na linha de montagem eles fazem parte da engrenagem que move a produção, reduzidos a nada, como se fossem máquinas, no entanto sem  identidade, sem valor próprio, sem direitos até mesmo de reivindicar. 
Nesse cenário, o trabalho humano é desvalorizado e substituído pelo trabalho mecânico, onde o capital intelectual é desprezível e desprezado, deixado de lado. O Homem étratado como um objeto.
Embora engraçadas, as imagens vistas durante o filme nos traz a reflexão das questões sociais estavam agregadas ao filme, onde o individuo é objeto de exploração, escravidão por parte das empresas, sobrecarregados pelo trabalho, sem que se leve em conta os aspectos físicos e psicológicos de cada cidadão que compõem o chão de fábrica.  
Em um dado momento a imagem dorelógio, as pessoas caminhando como gado, já denotam elementos suficientes para se fazer uma análise mais consciente do sistema de vida proporcionado pela visão industrial-capitalista, aprofundada por Chaplin ao criticar e abordar, com detalhes, a questão da Linha de Montagem e as consequências desastrosas na psique humana.
Os esforços humanos para trabalhar como um relógio, dentro de um sistemade repetição mecânica, contínua e cronometrada, acaba por levar a pessoa a ficar com sérios problemas neurológicos e psicológicos.
Isso fica nítido durante a obra, quando Carlitos, operária se mostra parte da máquina, sem poder dominar seus próprios movimentos, resultado do desgaste e a dos movimentos repetitivos durante a execução de suas funções. Um dos pontos altos da obra é o momento emque é reprimido pela polícia no memento em que participa e de uma manifestação por melhores de trabalho, sendo lançado na prisão, com marginais, retratando o que ocorre no Brasil, nos dias atuais dentro do nosso sistema penitenciário, onde pessoas que cometem pequenos delitos são encarceradas de forma desumana com bandidos de alta periculosidade, sendo a forçado psicologicamente a se tronarem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fundamentos históricos e teoricos metodologicos do serviço social 1
  • fundamentos historicos e teoricos metodologicos do serviço social 1
  • Fundamentos históricos, teóricos e metodológicos do serviço social i
  • FUNDAMENTOS HISTORICOS E TEORICO-METODOLOGICO DO SERVIÇO SOCIAL I
  • Fundamentos Históricos e Teóricos
  • Fundamentos histórico teórico metodológicos do serviço social i
  • Fundamentos históricos e teorico-metodológico do serviço social i
  • Fundamentos históricos teoricos, metodológicos do serviço social.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!