Fundamentos antropológicos do conhecimento - resumo

Páginas: 5 (1051 palavras) Publicado: 5 de agosto de 2013
Universidade Federal de Alagoas
Irving Lucas da Silva Melo












Fundamentos antropológicos do conhecimento














Maceió
2013
Irving Lucas da Silva Melo










Fundamentos antropológicos do conhecimento


Trabalho destinado às aulas de Produção do conhecimento.
Orientador: Prof. Vicente Medeiros














Maceió2013
I - Fundamentos antropológicos do conhecimento

No primeiro capítulo, é retratado a relação do homem com o mundo em que ele vive. Retrata a forma na qual o homem age sobre o mundo que o rodeia para adaptá-lo às suas necessidades e tentar conhecê-lo, buscando a razão das técnicas utilizadas para transformação do meio.
O homem tem a capacidade de generalizar o conhecimentoutilizando-se de sua experiência adquirida fundindo técnica e ciência. As generalizações servem para explicar certas coisas e permitem lançar algumas previsões.

1 – O homem e o mundo circundante

O conhecimento é uma atividade do homem. O homem observa que as coisas mudam e que seu conhecimento também muda, pois o que era dado como explicação para um fato pode ter sido desmentido pela ciência.Para o homem, as coisas do mundo sempre são mais que simples coisas. Dessa forma, o homem é desafiado a explicar o porquê das coisas. Uma forma de exemplificar isso é que o homem vem deixando Deus de lado para explicar a origem das coisas, pois esse apostou na ciência como solução dos seus problemas.

2 – O homem e o animal

Neste capítulo, o autor relata que é através dos sentidos queo homem entra em contato com o mundo e começa a dominá-lo, dando-lhe um primeiro sentido. O autor faz comparações entre o homem e o animal em relação à sua conduta, alegando existir semelhanças, mas também diferenças profundas. Tanto o homem como o animal precisam se alimentar. No animal, instinto e inteligência ficam limitados às necessidades biológicas. O homem, o biológico sempre tende a terum desenvolvimento mais amplo e integral. Na linguagem de M. Blondel, podemos dizer que o animal é apenas prospectivo; o homem ao contrário, é prospectivo e reflexivo.

3 – Em busca de sentido

Desde o início, o homem tem necessidade do mundo para satisfazer suas necessidades: alimentar-se, vestir-se, defender-se. Ao servir-se do mundo para satisfazer suas necessidades, o homem dá umsentido humano às coisas que o cercam. É o ser que sabe que sabe (homo sapiens). O animal age por instinto, já o homem age por instinto sobrepondo a consciência.

4 – Homo Faber

O homem está sempre fabricando meios para suprir as necessidades em busca de melhorias e o bem-estar. O homem é inventivo e pelas necessidades, cria soluções para os seus problemas, se tornando um homo faber.

5 – Aadmiração e a filosofia

O autor quer explicar neste capítulo que a admiração por alguma coisa, leva o indivíduo a filosofar pela mesma. De início começaram a admirar as coisas que facilmente suscitavam dúvida. Em resumo, a admiração é a atitude que está na raiz da filosofia, do conhecimento humano.

6 – Admiração e a ciência

A ciência nasce com a tentativa de ultrapassar oconhecimento dos fenômenos aqui e agora, em constante mudança, como busca do permanente. Desta forma, na história da humanidade, nasce a cultura reflexa: A busca pela verdade universal e necessária.
O homem optava então por explicar fenômenos do circum-mundo através da ciência, pois ela se opõe a uma simples opinião por esta não ter comprovação de sua validade.












II– Fundamentos ontológicos do conhecimento

O homem e sua capacidade de fazer perguntas é tratado neste capítulo. O perguntar é uma característica fundamental do ser humano, movendo-o em busca de respostas. O homem emerge da natureza como alguém que coloca as coisas a seu serviço.

1 – Análise da pergunta

S. Agostinho dizia: a minha pergunta é o meu desejo de saber, a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fundamentos antropológicos do conhecimento
  • FUNDAMENTOS ANTROPÓLOGICOS E ONTOLÓGICOS DO CONHECIMENTO
  • Fundamentos antropologicos do conhecimento
  • Fundamentos antropologicos do conhecimento
  • Resumo fundamentos sócio antropológicos da educação
  • Fundamentos Antropológicos
  • Fundamentos antropologicos
  • fundamentos antropologico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!