Fundações

Páginas: 49 (12029 palavras) Publicado: 8 de maio de 2011
SUMARIO

I – INTRODUÇÃO

II- HISTÓRICO E NORMALIZAÇÃO BRASILEIRA

III – DADOS

III – ELEMENTO ESTRUTURAL

IV- ELEMENTO ESTRUTURAL

V - CAPACIDADE DE CARGAS

VI – RECALQUES

VII – CONCLUSÃO

VIII - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

I – INTRODUÇÃO

Para a correta execução de uma obra de fundação é, logicamente, necessário que se tenha um projeto bem executado.

Porem, é degrande sabedoria que se registre, de forma impressa ou digital, todas as informações, cálculos, gráficos, tabelas, etc., uma vez que, seja de qualquer origem, podem vir a ocorrer eventualidades, que necessitem a analise dos registros.

Aqui neste caderno encontra-se todas as etapas do Projeto Geotécnico de Fundações Profundas, bem como todos os registros de calculo e planilhas computacionaispertinentes a confecção deste projeto.

Como resultado de todos os cálculos e avaliações feitas, chegamos até a planta de fundações, objetivo do projeto.

II – HISTÓRICO DE FUNDAÇÕES PROFUNDAS E NORMATIZAÇÃO BRASILEIRA

A técnica das fundações vem formando seus conceitos desde a pré historia, como síntese de uma grande experiência construtiva, onde o homem já construía estruturas sobre aterra para servir de abrigo e proteção. Este saber empírico se acumulou ao longo dos tempos, e contamos ainda hoje com construções datadas de séculos atrás.
O tipo de abrigo utilizado pelo homem vem evoluindo com o tempo. Desde tempos antigos, o homem já improvisava abrigos lascando pedras e formando cavernas, mostrando que nesta época já havia noções de resistência e estabilidade dosmateriais da crosta terrestre.
Porém as estruturas com fundações profundas são bem mais recentes, devido a maior necessidade de estudo para sua execução, e isso só foi possível graças ao grande avanço da tecnologia.
As primeiras estacas utilizadas pelo homem foram as de deslocamento, cravação de elementos de madeira. Com o passar do tempo foram sendo utilizados novos materiais eprocedimentos, sempre com a cravação de elementos provocando a ruptura do solo para permitir a introdução de elementos permanentes, ou a concretagem protegida no caso das estacas tipo Franki.
Data-se que a primeira bate estaca foi realizado pelo engenheiro militar, escultor, pintor, arquiteto Francesco di Giorgio Martini no ano aproximado de 1450.
A partir do século XVIII já se começou a se teruma idéia sobre mecânica dos solos, tendo noções já sobre ângulo de atrito interno, coesão e modulo, assim como os diferentes tipos de solos. Neste século as experiências sobre fundações começaram a ser teorizadas, iniciando-se o desenvolvimento de mecânica dos solos. Em 1976 Coulomb, engenheiro e fisco, apresentou a formula da tensão no solo em função da coesão e do ângulo de atrito.
Apartir do século XIX começou um grande avanço nas pesquisas sobre solos, e que possibilitou um avanço também na engenharia de fundações. Em 1943 Terzagui apresentou o principio das tensões efetivas.
A partir do século XX ouve um grande desenvolvimento dos materiais de construção civil como tijolos cerâmicos, o desenvolvimento do cimento hidráulico e o concreto.
Foi na construção defundações que o concreto passou a ter enorme importância e chegou ao máximo com o concreto armado, pois estes alicerces de tijolo-duplo para parede de casas se assentam sobre lastro de concreto.
No Brasil, nos anos 30 as fundações profundas eram de estacas de madeiras ou pré-moldadas de concreto armado capeadas por blocos de concreto. O porto de Santos foi o primeiro cais de concreto armadosobre estacas, com muros de arrimo de estacas pranchas, realizado no Brasil. O cais do Porto do Rio de Janeiro teve inicio em 1903 sendo que suas fundações incluíam 134 caixões pneumáticos de 25 metros de comprimentos.
Na década de 50 ocorreu a o inicio da obra mais relevante para a engenharia nacional, a construção de Brasília. Nesta encontrou-se solos resíduas de arenitos e siltitos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fundações
  • Fundações
  • fundações
  • Fundações
  • Fundações
  • fundações
  • Fundações
  • FUNDAÇÕES

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!