Fugere Urbem

Páginas: 2 (482 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014
“FUGERE URBEM”: expressão do latim que significa sair do caos, da vida agitada e corrida da cidade grande. Aproveitar a vida com simplicidade, ficar mais perto do verde, dorural...

Fugere urbem é uma expressão em latim que significa "fugir da cidade". Inspirados na frase do escritor latino Horácio "fugere urbem" ("fugir da cidade"), e imbuídos da teoria do "bom selvagem"de Jean-Jacques Rousseau, os autores árcades voltam-se para a natureza em busca de uma vida simples, bucólica, pastoril. Tal princípio é reforçado pelo filósofo Jean Jacques Rousseau, que diz que acivilização corrompe os costumes do homem, que nasce naturalmente bom.Com base nas ideias de Rousseau, em consonância com o crescimento desordenado das cidades, desencadeou-se o bucolismo – manifestado por uma evocação nostálgica do campo e danatureza. Dessa forma, o anunciador (emissor) integra-se à vida campesina, abnegando-se dos valores citadinos.

De acordo com as ideias de Rousseau, o homem primitivo, mantendo uma estreita relação com anatureza, ainda não foi corrompido pelos padrões sociais, conforme preconiza a teoria do “O bom Selvagem”, obra pertencente ao referido filósofo.Equivalente ao bucolismo, o fugere urbem (fuga da cidade) traduz uma vida simples e natural, nocampo, longe dos centros urbanos.

Fugere Urbem em Marília de Dirceu
Em Marília de Dirceu, a ideia do Fugere Urbem também está muito difundida. A valorização da natureza e simplicidade do campopode ser colocada como presença marcante de Tomás Antônio Gonzaga sempre retoma objetos da natureza, tanto para compará-los à Marília, quanto para colocá-los no próprio cotidiano, na busca dos dois...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!