Freud

Páginas: 2 (275 palavras) Publicado: 3 de abril de 2011
Sigmund Freud (1856-1939), fundador da psicanálise, inicia seus estudos com a hipnose, e a toma de base para estudos do inconsciente.

Seus estudos que se inicia commulheres histéricas, mas aos poucos passa a investigar a psicologia infantil.

Ele investigou dois campos: O inconsciente e a técnica terapêutica.

Dois métodos que seajudam, pois através de técnicas de dialogo, exposição de idéias, passa a ter um conhecimento humano, assim o indivíduo toma consciência do seu próprio inconsciente,área que não acessamos.

Após a morte de seu pai, passa a analisar seus próprios sonhos, e descobre seus complexos de infância, denominado em “Complexo de Édipo”.

Ocomplexo de Édipo é um conceito fundamental para a psicanálise, onde se inicia com a fase fálica onde o bebê tem contato com a mãe, principalmente na amamentação, que passaser o primeiro objeto de desejo da criança.

O bebê tem a ilusão de que possui amor e proteção total da mãe. Vendo no pai, a figura de um rival.

Em torno dos trêsanos, a criança percebe que não é o centro do mundo, que na sociedade existe regras e culturas que impedem atitudes como, andar pelado por exemplo.

Ao passar dessa fasese tem no redirecionamento da libido e no entendimento da figura paterna, essa etapa é fundamental para a formação do superego.

Superego é uma das três partes da Teoriada Personalidade.
1º ID: São nossas vontades, instintos, sonhos reprimidos...
2º EGO: É a nossa razão, a consciência.
3º SUPEREGO: Ele controla nossos desejos, noscensura.

Freud concluiu que os conflitos da mente, tinham a origem na sexualidade. E que a escola podia contribuir para um desenvolvimento infantil sem repressões.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Freud
  • freud
  • Freud
  • Freud
  • FREUD
  • Freud
  • Freud
  • freud

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!