Frei Lu S De Sousa Caracteriza O De Personagens

367 palavras 2 páginas
Frei Luís de Sousa, de Almeida Garrett
Caracterização das personagens
D MADALENA DE VILHENA

MANUEL DE SOUSA COUTINHO

D. MARIA DE NORONHA

TELMO PAIS

D. JOÃO DE PORTUGAL

 nobre:
- família e sangue dos
Vilhenas: I. 8
- o epíteto «dona» só se dava no séc. XVII às senhoras da aristocracia
 sentimental
 pecadora:
- o nome «Madalena» evoca a figura bíblica da pecadora com o mesmo nome  roída pelo remorso do passado
 redimida pela purificação no convento (solução romântica)
 modelo da mulher romântica:
- a mulher anjo/demónio
 personagem modelada:
- profundidade psicológica
- capacidade de gerir conflitos: I, 7
 marcada pelo Destino:
- amor fatal
 ligada à lenda dos amores infelizes de Inês de Castro: I, 1

 nobre:
- cavaleiro de Malta (só os nobres é que ingressavam nessa ordem religiosa): I,
2e4
 evoca o nome bíblico de
Emanuel (Deus connosco)
- paz de consciência
- desprendimento dos bens materiais e da própria vida: 1, 11
 racional
 bom marido: II, 7
 pai terno: 1, 4
 corajoso, audaz e decidido: I,
7, 8. 9, 10, 11, 12; III, 8
 marcado pelo Destino; I, 11; II,
3e8
 encarna o mito romântico do escritor: - refúgio no convento
(solidão)

 nobre:
- sangue dos
Vilhenas e dos
Sousas 1, 2
- o epíteto de
«dona»
 bela: 1, 2
 precocemente desenvolvida, física e psicologicamente: I, 2,
3e6
 doente (tuberculosa)
 culto de Camões: II 1
 culto de D. Sebastião: II ,
1
 poderosa intuição e dons da profecia: 1,4;
II, 3; III, 12
 marcada pelo Destino:
III, 12
 encarnação da «Menina o Moça»: II, 1
 modelo da mulher romântica: - a mulher anjo bom

 não nobre:
- escudeiro
 ligado, desde sempre, à nobreza  confidente de D.
Madalena
 elo de ligação das duas famílias  chama viva do passado
 alimenta os remorsos de
D. Madalena
 desempenha três funções do coro das tragédias clássicas:
- diálogo, comentário
(apartes) e profecia
(agouros)
 ligado à lenda romântica sobre Camões.

 nobre:
- família dos Vimiosos: I, 2
 cavaleiro: II, 2
 evoca o nome bíblico

Relacionados

  • Antologia Poética
    12015 palavras | 49 páginas
  • Estudos De Literatura Brasileir Douglas Tufano
    102883 palavras | 412 páginas
  • apostila pm pe 150609002501 lva1 app6892
    138485 palavras | 554 páginas
  • historia da lingua portuguesa
    36506 palavras | 147 páginas
  • História da língua portuguesa
    36462 palavras | 146 páginas
  • Apostila Literatura Brasileira
    127919 palavras | 512 páginas
  • Jo o Camilo de Oliveira Torres A Democracia Coroada teoria pol tica do Imp rio do Brasil
    269778 palavras | 1080 páginas
  • aluno
    49590 palavras | 199 páginas
  • Estrutura Da Lc3adngua Portuguesa Joaquim Mattoso Camara Jr
    41615 palavras | 167 páginas
  • Inss Tecnico 2015 Atualizada
    434384 palavras | 1738 páginas